fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Sábado, 25 Julho 2020

SÃO CARLOS/SP - A Força Tarefa composta pela Guarda Municipal, Departamento de Fiscalização, Procon , Vigilância Sanitária a partir desta segunda- feira( 27) intensificará os trabalhos de fiscalização no cumprimento  dos horários de funcionamento e protocolos das atividades na fase amarela do Plano São Paulo.

O Coordenador da Força Tarefa Samir Antônio Gardini informou que o manual de orientação já foi atualizado para todos os funcionários públicos envolvidos nas operações e que a partir desta segunda- feira todas as atividades, inclusive as academias,  salões de beleza, restaurantes,bares e lanchonetes serão vistoriados.

Gardini ressaltou há importância de que os proprietários dos estabelecimentos cumpram seus respectivos  horários de funcionamentos e que todos os protocolos e restrições do Plano São  Paulo sejam cumpridos.

O Diretor de Fiscalização Rodolfo Tiberio Penela disse que  a manutenção da retomada faseada e responsável, e que todos devem atentar-se às regras de higiene e sanitização, restrição de ocupação máxima e de horários, preservação de distância mínima entre pessoas.

Penela enfatizou que os trabalhos de fiscalização serão continuos e que os estabelecimentos comerciais que descumprirem as regras, poderão ser notificados e dependendo da gravidade até multados no R$ 1.126,21 reais e interditados.

Veja as principais mudanças:

 Consumo local (bares, restaurantes e similares) – O conceito “ao ar livre” fora escolhido para assegurar a existência de ventilação natural no local de alimentação, em que os comensais não utilizam máscaras de proteção. No entanto, caso existam áreas de alimentação arejadas, ainda que cobertas, é possível recomendar que o consumo local se dê nesses locais. Dessa forma, desde que a área possua ventilação adequada, na Fase Amarela, é possível recomendar a possibilidade de consumo local ao ar livre ou em áreas arejadas, com rigorosa observância das demais indicações a respeito de capacidade restrita e adoção dos protocolos padrão e setoriais específicos. Ademais, entendemos que a liberação de consumo local em tais ambientes na Fase Amarela deve estar condicionada ao horário limite de 17h. Assim, é possível garantir a oferta de alimentação a trabalhadores, durante a jornada laboral, mas sem incentivar o consumo local em bares, restaurantes e similares com fins de lazer e entretenimento, com potencial para gerar aglomerações e, portanto, ampliar o risco de contágio entre consumidores/ comensais  

 Academias – Tendo em vista os protocolos apresentados pelo setor, entendemos possível recomendar que as   academias de esporte de todas as modalidades e centros de ginástica possam atender ao público presencialmente, em um modelo que reduza consideravelmente o risco de contágio. Com isso, possível recomendar a inclusão dessas atividades na Fase Amarela, desde que a capacidade de cada estabelecimento seja restrita a 30%, número considerado adequado para evitar proximidade entre as pessoas, em um ambiente de exercício ou esforço físico, e desde que haja o prévio agendamento das atividades por parte dos clientes, evitando filas ou aglomerações nas academias e centros de ginástica. Ademais, aulas e atividades em grupo oferecem uma maior dificuldade para manutenção do distanciamento social e, consequententemente, um maior risco de contaminação, por isso deveriam ser suspensas, recomendando-se que aulas e atividades presenciais sejam apenas individuais. Recomenda- -se a adoção de horário reduzido de atendimento presencial ao público, limitado a 6 horas por dia, com observância das demais indicações a respeito de adoção dos protocolos padrão e setoriais específicos.


Para finalizar, o Coodernador do Comitês de Crise Mateus de Aquino enfatizou que é importante frisar que pessoas consideradas como grupo de risco, tais como os maiores de 60 anos, asmáticos ou portadores de comorbidades prévias, permaneçam em isolamento social, desempenhando apenas atividades essenciais, ainda que outros setores tenham retomado o atendimento presencial ao público na localidade em que habitam.Aquino disse que a tabela de horários e regras de horários devem ser seguidas por todos os estabelecimentos.

Publicado em Comércio

SÃO PAULO/SP - O Palmeiras encerrou a primeira fase do Campeonato Paulista com vitória sobre o Água Santa, de virada, no Allianz Parque: 2 a 1. Com a vitória, o time comandado por Luxemburgo avança às quartas de final do Paulistão na liderança do Grupo B, com 22 pontos, e vai encarar o Santo André. Do outro lado, com o revés, o time de Diadema fica com dez e acaba rebaixado para a Série A2 do Estadual.

Placar zerado

Como era de se esperar, o Palmeiras foi superior em toda a primeira etapa sobre o Água Santa. Logo aos dez minutos, após jogada de Lucas Lima pelo meio, a defesa adversária tentou o corte e a bola se ofereceu para Rony, que arrumou para a direita e quase fez o primeiro. Apesar da superioridade, o Palestra não conseguiu transformar seu amplo domínio em jogadas de muito perigo.

A equipe visitante, com uma postura reativa, conseguiu agrupar suas linhas defensivas e quase não deu espaços para o ataque alviverde. Após a chance criada por Rony, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo só conseguiu voltar a finalizar com perigo aos 41. Marcos Rocha recebeu pela direita e cruzou para Raphael Veiga. O meia subiu bem, mas testou pela linha de fundo. 

Vira-vira alviverde decreta descenso do Água Santa

Na volta do intervalo, o Palmeiras buscou ser mais efetivo no setor ofensivo. Patrick de Paulo e Vitor Hugo acumularam oportunidades para abrir o placar, mas desperdiçaram. Até que aos 18, a zebra ameaçou aparecer no Allianz Parque. O atacante Lucas Silva aproveitou chute cruzado e, sem goleiro, empurrou para o fundo das redes, inaugurando o marcador para os visitantes.

A felicidade da equipe de Diadema, entretanto, não durou muito. Aos 26, depois de bom passe de Felipe Melo para Marcos Rocha, a bola chegou até Ramires, que, de cabeça, deixou tudo igual no marcador.

Nos minutos finais, o Palestra chegou a virada. Aos 42, Wellington Reis colocou a mão na área. Pênalti. Na cobrança, Luiz Adriano perdeu, mas, no rebote, acabou sacramentando a vitória alviverde e o rebaixamento do Água Santa.

 

 

 

*Texto retirado de ogol.com.br

Publicado em Esportes

SÃO CARLOS/SP - A cidade de São Carlos inicia nesta semana a Fase 3 Amarela do Plano SP. Mais atividades econômicas são permitidas nesta etapa.

E é importante que as recomendações sejam seguidas corretamente, para que o município não regrida novamente. 

E vale lembrar: a flexibilização das atividades econômicas não significa relaxamento das medidas de segurança sanitária: saia apenas se necessário, use máscara sempre, evite aglomerações, mantenha o distanciamento em filas, higienize as mãos sempre que possível, respeite as outras pessoas. 

Publicado em Coronavírus

SANTOS/SP - O São Paulo se despediu da primeira fase do Campeonato Paulista neste domingo com vitória. Enfrentando o Guarani, na Vila Belmiro, com um time completamente reserva – dos titulares, apenas Tiago Volpi atuou -, o Tricolor não tomou conhecimento do rival e saiu de campo com o triunfo por 3 a 1, resultado que garantiu a equipe na liderança do Grupo C do torneio.

Os gols do São Paulo foram marcados por Everton, Helinho e Paulinho Boia. Rafael Costa descontou para o Guarani, que acabou sendo eliminado do Campeonato Paulista e vendo o Corinthians, que dependia de um tropeço do Bugre, avançar às quartas de final da competição.

Agora, o São Paulo volta o foco para o confronto com o Mirassol, pelas quartas de final. Para essa partida, o técnico Fernando Diniz terá de volta a equipe titular, e todos os atletas com cartões zerados.

O jogo – O São Paulo começou a partida ligado e logo aos 11 minutos abriu o placar com Everton. Em jogada de contra-ataque, Brenner acionou Helinho, que saiu em disparada e tocou para Hernanes. O Profeta bateu forte para o gol, mas Jefferson Paulino fez a defesa. Só que no rebote Everton estava bem colocado para completar de cabeça, encobrindo o goleiro do Guarani.

Depois do gol tricolor, a partida deu uma esfriada. Apenas na reta final do primeiro tempo que o jogo voltou a empolgar os torcedores. Aos 30 minutos, Rafael Costa cabeceou no cantinho, aproveitando cobrança de escanteio, mas Tiago Volpi se esticou todo para fazer excelente defesa. Depois, aos 41, o goleiro do São Paulo voltou a se destacar debaixo das traves, desta vez defendendo um chute à queima-roupa de Lucas Crispim.

O Tricolor respondeu aos 42 minutos com Helinho, que arriscou chute de fora da área, exigindo boa defesa de Jefferson Paulino. Mas, o Guarani foi o mais eficiente e aos 44 minutos acabou chegando ao empate com Rafael Costa, aproveitando rebote de Tiago Volpi dentro da área para empurrar para o fundo das redes e deixar tudo igual no marcador antes de as equipes irem para o intervalo.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o São Paulo precisou de apenas dois minutos para retomar a frente no placar. Helinho recebeu na entrada da área e bateu firme, no cantinho, sem chances para o goleiro Jefferson Paulino. O Guarani, por sua vez, respondeu aos nove, quando Eduardo Person saiu cara a cara com Tiago Volpi, dentro da área, e viu o goleiro tricolor fechar o ângulo e fazer grande defesa.

Precisando do empate, o Guarani passou a pressionar o São Paulo. Aos 19 minutos, Rafael Costa aproveitou o bate-rebate dentro da área e chutou para o gol, mas Volpi fez mais uma defesa à queima-roupa. Já no minuto seguinte, o centroavante do Bugre fez um belo gol de voleio, para o árbitro marcou impedimento de maneira equivocada.

Como se não bastasse o juiz prejudicar a equipe de Campinas, aos 22 minutos o São Paulo acabou chegando ao terceiro gol com Paulinho Boia, que recebeu na entrada da área e bateu no ângulo, sem chances para o goleiro. Um golaço.

E a vitória parcial só não se transformou em goleada porque aos 26 minutos o chute de Gabriel Sara acabou saindo à direita do gol, assustando o time do Guarani, que na reta final bem que tentou, mas não conseguiu reverter a vantagem construída pelos garotos do São Paulo.

 

 

*Por: GAZETA ESPORTIVA

Publicado em Esportes

BARUERI/SP - Neste domingo, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, o Corinthians venceu o Oeste por 2 a 0 na Arena Barueri e garantiu vaga nas quartas de final. Mesmo com fraco desempenho, a equipe alvinegra conquistou a vitória com gols de Danilo Avelar, na etapa inicial, e Ederson, no fim do segundo tempo.

A classificação só foi possível pela ajuda de um rival. Isso porque o São Paulo bateu o Guarani na Vila Belmiro. Assim, o Timão chegou aos 17 pontos e ultrapassou o time de Campinas, que estacionou nos 16, garantindo o segundo lugar do Grupo D.

Com isso, o Corinthians terá duelo duro nas quartas de final. O adversário será o Red Bull Bragantino, que liderou não só a chave como a classificação geral. Como teve melhor campanha, a equipe de Bragança Paulista tem o mando do jogo.

Por outro lado, o Oeste confirmou seu rebaixamento com a derrota. Uma vitória podia não só tirar a equipe da degola, como também colocar na zona de classificação para as quartas. Com o resultado negativo, entretanto, o Rubrão manteve-se com  apenas 10 pontos e terminou na lanterna da classificação geral.

O jogo

Precisando vencer para fugir da zona da degola, o Oeste começou melhor a partida e fez Cássio trabalhar logo aos sete minutos. Com o Corinthians com dificuldade na armação de jogadas, era o time de Barueri quem levava mais perigo.

Se as coisas já não estavam fáceis para o Timão, pareciam ficar ainda mais preocupantes a partir dos 33 minutos. Primeiro, Everaldo sentiu a coxa e precisou ser substituído por Janderson. Logo na sequência, Boselli sofreu um choque em dividida de cabeça e também precisou deixar a partida, dando lugar a Mateus Vital.

Ainda assim, o Corinthians conseguiu reagir até abrir o placar através da bola parada. Aos 47 minutos, em cobrança de falta lateral, Luan cruzou com categoria na cabeça de Danilo Avelar, que subiu mais alto que a zaga e desviou para o fundo das redes, deixando os alvinegros em vantagem antes do intervalo.

No segundo tempo, o Corinthians voltou mais equilibrado, mas ainda tinha dificuldade para criar boas chances. Do outro lado, o Oeste até chegou a balançar as redes aos 17 minutos, mas a arbitragem pegou impedimento de Marlon na jogada.

Aos poucos, entretanto, o Corinthians se achou na partida e passou a ganhar os duelos no meio-campo, principalmente pela entrada de Ederson, ainda no intervalo. Faltava mais qualidade no último passe, mas a equipe de Tiago Nunes passou a controlar o ritmo de jogo.

Precisando vencer, o Oeste se lançou para o ataque nos minutos finais, mas levou pouco perigo ao gol de Cássio. Mais tranquilo no jogo, o Timão aproveitou espaços dado pelo adversário e sacramentou a vitória, e a classificação, com um belo gol de Ederson, de fora da área, aos 44 minutos.

 

 

*Por: GAZETA ESPORTIVA

Publicado em Esportes

SÃO PAULO/SP - O Santos foi prejudicado pela arbitragem e empatou com o Novorizontino em 2 a 2 neste domingo, na Arena Corinthians, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

Depois de abrir 2 a 0 com boa atuação, o Peixe teve Fernando Uribe expulso no começo do segundo tempo. O colombiano chegou forte no lance, por cima da bola, mas mal encostou no adversário. Era a chance do centroavante se firmar no elenco.

O Novorizontino diminuiu com Cléo e logo depois teve pênalti mal marcado pela arbitragem – o árbitro Vinicius Furlan viu mão, mas a bola bateu na barriga de Diego Pituca. Guiherme Queiroz converteu.

O Santos sentiu demais a expulsão, não se encontrou em campo e ainda sofreu a virada. Batista cabeceou entre os zagueiros Lucas Veríssimo e Luan Peres, a bola bateu no travessão, nas costas de Vladimir e entrou. 3 a 2 para o Novorizontino.

O Peixe enfrentará a Ponte Preta nas quartas de final do Paulistão. O Novorizontino não tinha mais chance de classificação.

O JOGO

O Santos dominou o primeiro tempo desde o minuto inicial. Com Jobson, a equipe melhorou a saída de bola e adiantou as linhas de marcação.

O Novorizontino, recuado, não ofereceu perigo a Vladimir. O Peixe, em compensação, fez 1 a 0 e poderia ter feito pelo menos mais dois.

Marinho abriu o placar, aos 16 minutos, em bonito chute de fora da área. Jobson e Uribe ficaram perto de ampliar antes do apito do árbitro.

SEGUNDO TEMPO

O Santos não demorou a ampliar. Em contra-ataque perfeito, Soteldo clareou o lance, Uribe acionou Jean Mota e o meia rolou para Marinho empurrar ao gol vazio e marcar o segundo do Peixe e segundo dele na partida, aos dois minutos.

No minuto 6, porém, veio a ducha de água fria. Uribe entrou por cima e recebeu o cartão vermelho direto. É a terceira partida consecutiva com expulsão no Alvinegro: Jobson, Sánchez e agora Uribe na Arena Corinthians.

A expulsão mudou a partida. Aos 12 minutos, Cléo Silva recebeu livre pela direita e diminuiu. No minuto 17, o árbitro Vinicius Furlan marcou pênalti inexistente de Diego Pituca – a bola bateu na barriga. Guilherme Queiroz converteu e empatou.

O Santos não conseguiu se organizar, as alterações do técnico Jesualdo Ferreira não surtiram efeito e a virada veio. Aos 36, Batista cabeceou entre os zagueiros Lucas Veríssimo e Luan Peres, a bola bateu no travessão, nas costas de Vladimir e entrou. 3 a 2 para o Novorizontino.

 

 

*Por: GAZETA ESPORTIVA

Publicado em Esportes

SÃO CARLOS/SP - O Shopping Center Iguatemi São Carlos informa que, a partir desta segunda-feira (27), passará a operar em novo horário das 11h às 17h, seguindo as novas diretrizes do Plano São Paulo.

O empreendimento reforça que segue as determinações das autoridades competentes e todos os protocolos de saúde e proteção como o uso obrigatório de máscaras, medição de temperatura, tapetes sanitizantes para a desinfecção dos solados de calçados nas entradas, reforço das rotinas de limpeza e álcool em gel à disposição.

Os restaurantes e praça de alimentação voltam a funcionar e, a fim de evitar aglomerações, o shopping irá operar nesse momento com capacidade máxima de 40% de público. A realização de eventos continua não sendo permitida.

Publicado em Comércio

SÃO CARLOS/SP - Na noite deste último sábado (25), Guardas Municipais conseguiram deter dois sujeitos por furtar um imóvel comercial localizado no cruzamento das Ruas XV de Novembro e Dom Pedro II, na região central de São Carlos.

Por volta das 21h35, a viatura 635 com os GMs Assis e Rodrigo, realizavam o patrulhamento preventivo na região, quando avistaram dois indivíduos empurrando um carrinho de supermercado com vários objetos dentro. R.S, de 36 anos e F.J.O, de 27 anos, foram abordados e dentro do carrinho havia grande quantidade de fios, uma balança digital, canos de cobre e materiais de alumínio. O carrinho tinha a logomarca do antigo supermercado e assim foram até o antigo estabelecimento comercial constatando uma das portas estava entreaberta, ao entrar no prédio os GMs conseguiram constatar que o local estava em completo desalinho e que os materiais encontrados com os indivíduos eram idênticos ao do local.

Diante dos fatos, os GMs conduziu os indivíduos até o Plantão Policial, e depois recolhidos ao Centro de Triagem por Furto Qualificado.

Publicado em Policial

SÃO CARLOS/SP - O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), durante sessão ordinária no último dia 1º julho, emitiu parecer favorável a aprovação das contas prestadas pela Prefeitura de São Carlos relativas ao exercício de 2018. O parecer favorável foi emitido pelo relator substituto, conselheiro auditor, Márcio Martins de Camargo e pelos conselheiros Renato Martins Costa e Dimas Ramalho e já foi publicado no Diário Oficial do Estado.

O TCE reconheceu definitivos os seguintes resultados: aplicação no ensino (27,56%); recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB) aplicados no exercício (100%); aplicação na valorização do magistério (80,07%); despesas com pessoal e reflexos (50,10%); aplicação na saúde (25,55%); transferências ao Legislativo (4,15%) e execução orçamentária (déficit 1,2%).

“Estamos colhendo os resultados de um trabalho de muito controle e austeridade na administração pública. Terminamos o ano com um pequeno déficit, porém o Tribunal de Contas entendeu as dificuldades que os municípios enfrentam. Essa parecer favorável demonstra que estamos no caminho certo, com muita responsabilidade na administração dos recursos públicos”, avalia Mário Luiz Duarte Antunes, secretário Municipal de Fazenda.

 De acordo com o prefeito Airton Garcia muitas dificuldades foram superadas com controle rígido dos gastos, mas sem deixar de oferecer serviços essenciais à população. “Essa aprovação demonstra a transparência de toda a Prefeitura, com lisura dos gastos públicos. Agradeço todos os envolvidos para que nossas contas fossem aprovadas e, em especial, agradeço o secretário Mário Antunes, que desenvolve um trabalho de qualidade e com total lisura”, enfatizou o prefeito.

Publicado em Política

Imunobiotech depositou patente da tecnologia desenvolvida para o ImunoScov19 ™, teste que indica se a pessoa desenvolveu anticorpos contra a proteína S do SARS-COV-2 e a quantidade de anticorpos produzida. Registro foi feito no United States Patent and Trademark Office (USTPO).

PORTO ALEGRE/RS - O laboratório Imunobiotech, localizado em Porto Alegre, depositou pedido de patente do ImunoScov19™, teste inédito altamente preciso para a COVID-19. A tecnologia foi desenvolvida pelo próprio laboratório, a partir de pesquisas de seu grupo de cientistas coordenado pelos cientistas Fernando Kreutz e Alberto Stein. Devido ao impacto global desta tecnologia, o registro foi feito no United States Patent and Trademark Office (USTPO) e poderá ser estendido para outros países - inclusive para o Brasil, através do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), órgão governamental brasileiro de registro de patentes. O registro desta patente refere-se a características dos antígenos para detectar e/ou gerar anticorpos contra o Sars-CoV-2 e métodos, ensaios e vacinas relacionados, compreendendo os mesmos. A descoberta poderá ser fundamental também no desenvolvimento das vacinas para a COVID19.

Recentemente vários trabalhos têm apontado que 20 a 30% dos pacientes não desenvolveriam resposta imune contra o vírus. O que o grupo de pesquisadores brasileiros conseguiu demonstrar foi que a falta de resposta imune estaria relacionada com a forma com que a resposta imune é detectada e não com a uma falta de resposta imune dos pacientes.

Kreutz, pesquisador que participou da pesquisa, explica o procedimento adotado: “para detectarmos a presença de anticorpos num teste, utilizamos pequenos fragmentos do vírus – o que chamamos de antígenos. A maioria dos testes utiliza uma porção muito restrita dos antígenos virais, que não representam a totalidade da resposta imune, como foi demonstrado nos estudos que levaram à nossa descoberta”.

A inovação tem a capacidade de modificar o paradigma de enfrentamento à pandemia, uma vez que pode identificar indivíduos que apresentam imunidade e, portanto, poderiam retornar às suas atividades com mais segurança. O teste pode mudar a forma de detectar imunidade contra Sars-CoV-2, o vírus da COVID-19, pois é capaz de identificar de forma mais ampla a presença de anticorpos e quantificar a presença de anticorpos tipo IgG, contra a proteína S, que é responsável pela entrada do Coronavírus nas células humanas.

“Inicialmente encontramos pacientes que tiveram a doença, mas que aparentemente não apresentavam uma resposta imune. Quando passamos a utilizar um antígeno mais completo, todos os pacientes analisados passaram a demonstrar a presença da resposta imune”, ressalta Stein. 

Em estudos independentes foi demonstrada a correlação significativa entre anticorpos detectados com este antígeno completo e os ensaios de neutralização, que são os testes que melhor avaliam a imunidade. Estudos vêm apontando que pacientes que apresentam estes tipos anticorpos podem apresentar imunidade contra a doença. O teste leva cerca de duas horas para ser realizado e o resultado fica pronto em até seis horas. O teste imunoScov já está disponível no RS e em outros estados. Atualmente, a maioria dos testes disponíveis no mercado até então identifica se a pessoa está infectada, mas não se já adquiriu imunidade à doença.

Como funciona o exame?

O teste é realizado a partir de uma amostra de sangue, analisada em laboratório, determinando e quantificando a presença destes anticorpos que reagem contra a proteína S. Este fator é extremamente importante, visto que a maioria dos testes imunológicos disponíveis hoje no mercado não quantificam o nível de anticorpos contra a proteína S (pois eles avaliam anticorpos contra a proteína N), e nem avaliam a possibilidade de imunidade contra o vírus.

Qual é a diferença deste teste em relação aos testes rápidos?

Os testes rápidos produzem resultado a partir da identificação de anticorpos contra a proteína N, da COVID-19. Essa proteína encontra-se no interior do Coronavírus e sinaliza que a pessoa teve contato com o vírus, mas não dá informação sobre a imunidade contra ele, porque estes anticorpos contra a proteína N não são neutralizantes.

Publicado em Coronavírus

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Julho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31