fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SÃO PAULO/SP - Tudo leva a crer que aplicaram um golpe no Datena. E ele reagiu com uma ameaça ao suposto golpista: “Você vai pra cadeia”.

O apresentador se manifestou em seu “Brasil Urgente”, na edição da quinta, 6.

O caso em questão diz respeito a uma denúncia sobre o personagem de uma reportagem veiculada pelo programa.

“Nós rodamos uma reportagem outro dia aqui e recebemos uma denúncia de que a pessoa que veio aqui chorar as mágoas realmente não estava passando necessidade coisa nenhuma e que havia aplicado golpe em uma senhora que reconheceu essa pessoa”, explicou Datena.

Desde que começou a pandemia do novo coronavírus, o “Brasil Urgente” mostra pessoas com dificuldades financeiras e procura ajudá-las.

Foi o que aconteceu em relação ao suposto golpista, que teria fraudado o auxílio emergencial de R$ 600.

“Por isso que eu falo, tem que checar muito bem para botar no ar”, frisou Datena. “Já estamos apurando aqui para ver se esse picareta pode ter aparecido aqui e é golpista ou não. Às vezes não é, é gente que tem bronca da pessoa e diz isso, mas estamos checando.”

O homem que supostamente aplicou o golpe no Datena terá que se explicar. Afinal, o apresentador disse que o caso foi encaminhado para a Polícia Federal.

“Se essa denúncia que recebemos hoje, que um golpista tentou enganar a gente para enganar o povo brasileiro, que é o melhor povo que existe na face da terra, você vai pra cadeia”, avisou o âncora. “Vai mesmo!”

 

 

*Por: CATRACA LIVRE

SÃO PAULO/SP - O apresentador José Luiz Datena criticou durante programa “Brasil Urgente”, na noite da última sexta-feira (22), a fala do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, durante reunião ministerial de 22 de abril, de que a emissora Band pediu dinheiro.

“Ele vai ter que falar quem da Band queria dinheiro. Vai ter que provar isso ai”, disse Datena. O apresentador ainda disse que ficou chateado com o conteúdo divulgado da reunião e que não quer mais entrevistar o presidente Jair Bolsonaro.

“Acho que a gente tá com um problema de narrativa. Hoje de manhã, por exemplo, o pessoal da Band queria dinheiro. O ponto é o seguinte: vai ou não vai dar dinheiro pra Bandeirantes? Ah, não vai dar dinheiro pra Bandeirantes? Passei meia hora levando porrada, mas repliquei”, disse Pedro Guimarães.

 

Em nota, a Band disse que “no vídeo da reunião ministerial, liberado pelo STF, aparece o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, dizendo que a Band ‘está me pedindo dinheiro’. Essa frase soa leviana e irresponsável e tem que ser explicada por esse senhor. A Band se orgulha de operar com lisura na sua área comercial e não admite que qualquer de seus funcionários saia da linha técnica e rigorosa. Repudiamos a insinuação caluniosa que essa frase contém.”

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse em nota que “durante a reunião, me encontrava sob forte emoção. Todos sabem o momento que estamos atravessando na CAIXA, em especial para cumprir a hercúlea tarefa de levar o auxílio emergencial há (sic) mais de 50 milhões de brasileiros. Em nenhum momento pretendi desabonar pessoas ou instituições, muito menos sugerir a prática de qualquer conduta irregular ou ilícita.”

 

 

*Por: ISTOÉ GENTE

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31