fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

A prisão foi realizada pela equipe do Tático Ostensivo Rodoviário

 

CESÁRIO LANGE/SP - A Polícia Militar Rodoviária apreendeu 205,2 quilos de maconha e prendeu um homem, por volta das 13h25 de sábado (26), na Rodovia Presidente Castello Branco, na cidade de Cesário Lange, no interior de São Paulo.

Durante fiscalização na praça de pedágio de Quadra, a equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) percebeu o nervosismo do condutor de um veículo GM/SD e tentou realizar a abordagem, mas o homem acelerou sentido leste da rodovia.

Na altura do km 145, o veículo capotou. Fora encontrados 205,2 quilos de maconha.

O homem confessou que recebeu a droga no município de Cascavel (PR) e levaria até Americana.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Cesário Lange, onde a ocorrência foi registrada.

PIRACICABA/SP - Policiais militares apreenderam 3,5 mil maços de cigarros contrabandeados com um homem, que fugiu de um bloqueio de trânsito na avenida Professor Alberto Vollet Sachs. No carro dos suspeitos, os policiais também localizaram notas fiscais e R$ 465. Ele foi levado à Delegacia da Polícia Federal e autuado em flagrante sob acusação de contrabando.

Os policiais realizavam uma fiscalização de trânsito, quando perceberam que o suspeito não obedeceu a ordem de parada e fugiu em alta velocidade no sentido Centro.

Os policiais iniciaram o acompanhamento em algumas ruas do bairro e o acusado foi abordado na rua Vasco Magagnato. No interior do veículo Honda Fit, usado pelo suspeito, os policiais encontraram sete caixas de cigarro da marca Eight e a quantia em dinheiro.

Ele informou aos policiais que faz a venda dos cigarros em diversos lugares da cidade de Piracicaba, mas não disse quais seriam os estabelecimentos. O homem foi levado à sede da Polícia Federal, onde prestou depoimento. O carro e as caixas de cigarro foram apreendidos e o acusado permaneceu preso à disposição da Justiça.

A investigação vai ser conduzida pela Polícia Federal na tentativa de identificar outros envolvidos no esquema.

 

 

*Por: Cristiani Azanha / JORNAL DE PIRACICABA

SÃO CARLOS/SP - Um homem foi preso nas primeiras horas desta manhã ensolarada de sábado (26), na Rua Miguel Petroni, em São Carlos.

Por volta das 06h15min, os Policiais realizavam o patrulhamento, quando avistaram o sujeito com um balde cheio de ferramentas. Quando os PMs se aproximaram o indivíduo ficou nervoso com a presença dos Militares, e com essa reação foi abordado. Após diligências foi constatado que G.V.D (idade não informada), teria furtado as ferramentas em uma obra na Rua Serafim Vieira de Almeida.

Os PMs entraram em contato com a vítima que reconheceu a res furtiva como sendo de sua propriedade.

Diante dos fatos, o autor e o material furtado foram apresentados no Plantão Policial, sendo o indivíduo recolhido ao Centro de Triagem e as ferramentas devolvidas ao proprietário.

RIO DE JANEIRO/RJ - A força-tarefa da Lava Jato no Rio denunciou nesta 6ª feira (25)  o advogado Frederick Wassef e mais 4 pessoas por peculato e lavagem de dinheiro. Ele já representou o presidente Jair Bolsonaro e 1 de seus filhos, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Os outros denunciados são: o ex-presidente da seção fluminense do Sistema S, Orlando Diniz; o empresário Marcelo Cazzo; e as advogadas Macia Carina Castelo Branco Zampiron e Luiza Nagib Eluf.

De acordo com a denúncia (íntegra – 8MB), feita no âmbito da operação E$quema S, de dezembro de 2016 a maio de 2017, foram desviados R$ 4,6 milhões das seções fluminenses do Sesc (Serviço Social do Comércio), do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e da Fecomércio, a partir de contratações com escopo contratual falso.

Segundo os procuradores, os desvios ocorreram a pretexto de prestação de serviços advocatícios à Fecomércio do Rio. As investigações apontaram, entretanto, que o escopo contratual era falso, pois ou os serviços arrolados não foram prestados ou foram prestados a interesse exclusivo de Orlando Diniz para, por exemplo, a perseguição de adversários pessoais.

“Os pagamentos eram feitos algumas vezes sob contratos de prestação de serviços advocatícios ideologicamente falsos, outras sem contratação formal contemporânea (com confecção de propostas ou contratos de serviços advocatícios com a aposição de datas retroativas), sem critérios técnicos, sem concorrência/licitação1, e, ainda, eram efetivados por intermédio da Fecomércio-RJ, para a fuga dos órgãos oficiais de controle (conselhos fiscais do Sesc e do Senac Nacional, TCU [Tribunal de Contas da União] e CGU [Controladoria-Geral da União], haja vista que esta entidade, de natureza privada, não está sujeita aos mesmos“, diz trecho da denúncia.

O MPF verificou que, a pretexto de investigar vazamentos de contratos sigilosos, as contratações reais buscavam dificultar que a imprensa e órgãos de controle soubessem das contratações milionárias de escritórios de advocacia.

Segundo a denúncia, os cofres das entidades do Sistema S estavam pagando serviços não jurídicos para que prejuízos resultantes de crimes contra elas não fossem conhecidos.

Os investigadores indicam que, para escapar de normas internas de licitação e do controle do TCU (Tribunal de Contas da União) e da unidade nacional do Sesc e Senac –que fiscalizam o uso de tais recursos públicos–, os contratos eram feitos em nome da Fecomércio, por meio de 1 termo de cooperação em que Diniz assinava pelas 3 entidades e cuja única finalidade era evitar formas de controle sobre as contratações ilegais.

OPERAÇÃO E$QUEMA S

A Polícia Federal deflagrou, em 9 de setembro, a operação E$quema S, 1 desmembramento da Lava Jato, que mira 1 suposto esquema de tráfico de influência envolvendo grandes escritórios de advocacia.

A operação investiga possível desvio de R$ 355 milhões do Sistema S, sendo que uma parte já mensurada (R$ 151 milhões) é objeto de ação penal em trâmite na 7ª Vara Federal Criminal no Rio de Janeiro.

Na ocasião, além de Wassef, foram denunciados: Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Lula; Ana Tereza Basílio, da defesa do governador afastado Wilson Witzel. Lula, Witzel e Martins não são investigados nesta operação. A denúncia foi aceita por Marcelo Bretas, que tornou réu 26 investigados. Eis a íntegra da decisão (252KB).

 

 

*Por: Paulo Motoryn / PODER360

Suspeitos foram localizados em um galpão, na cidade de Diadema

 

DIADEMA/SP - Nesta última sexta-feira (25), a Polícia Militar deteve oito suspeitos e apreendeu cerca de 12 toneladas de drogas em um galpão, na rua 27 de Março, no bairro Canhema, em Diadema. 

A ação foi realizada por policiais do 6º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) após denúncia anônima sobre a prática do tráfico de drogas no endereço.

Chegando ao local, os policiais se depararam com nove indivíduos, sendo que um deles reagiu à abordagem. Ele foi ferido e socorrido ao Hospital Municipal de Diadema, mas não resistiu aos ferimentos. Os demais foram detidos. Na ocasião foi apreendida uma arma de fogo.

Os oito homens foram presos em flagrante e a ocorrência foi registrada pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Diadema.

A menina, de apenas 6 meses, foi amparada após chamado para ocorrência de violência doméstica

 

SÃO PAULO/SP - Policiais Militares do 38ºBatalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) resgataram uma bebê, de apenas 6 meses, que sofria maus-tratos praticados pelos pais. A ação foi realizada na tarde desta quinta-feira (24), na zona leste da Capital.

A equipe foi acionada pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) e comunicada sobre a ocorrência envolvendo violência doméstica no bairro Jd. Sinha, e se deslocou ao endereço para atendimento.

“De Início nós achamos que era apenas uma ocorrência de briga de casal, talvez uma violência contra a Mãe da criança. Porém ao iniciar o atendimento percebemos que era uma situação bem mais complicada, pois ambos os genitores estavam sob total influência de drogas e álcool, e que a verdadeira vítima era a criança, que o Pai não queria largar de jeito nenhum e nem deixar que a gente a visse.”, explica o Soldado PM Preccaro.

Após conversa com o pai da bebê – que se trancou na residência e utilizava a menina como escudo contra os policiais – foi feita a negociação e ele entregou a pequena à equipe. De imediato foram descobertos hematomas no rosto e na cabeça da menina, que foi socorrida ao Pronto Socorro.

“O momento que mais marcou foi quando tivemos acesso a criança, quando vimos que existia um ferimento na cabeça e que o olho estava roxo, pois ali realmente constatamos que a menina estava sendo mal tratada.”, relembra o policial.

Questionado, o casal não informou o porquê dos ferimentos, motivando a prisão imediata por maus-tratos. Eles foram encaminhados ao 69º Distrito Policial, sendo indiciados em flagrante pelo crime.

Comovidos com a situação, os próprios policiais cuidaram e alimentaram a garotinha na unidade hospitalar. Após exames ainda foram identificadas lesões em outras regiões, ficando a menina internada sob observação à disposição do Conselho Tutelar.

Um homem flagrado na posse de 19 serpentes e um lagarto exótico foi preso

 

MOCOCA/SP - A Polícia Militar deteve, nesta última  quinta-feira (24), um homem que foi surpreendido armazenando animais silvestres ilegalmente em sua residência. O flagrante aconteceu no Jardim Alvorada, no município de Mococa - região de Piracicaba.

A ação foi realizada por uma equipe do 1º Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) que foi até o local para cumprimento de um mandado de busca e apreensão, expedido para averiguação de possíveis práticas de crimes ambientais no tocante a fauna.

 Durante a vistoria na casa, foram localizadas oito serpentes da fauna nativa brasileira (uma falsa coral, três jibóia, uma cobra cipó, uma cobra d’água, uma caninana e uma sucuri) e 11 exóticas (uma coralus hortuanos, três piton, duas king snake e cinco corn snake).

Além das cobras, ainda foi encontrado um lagarto da espécie pogona. Todos os animais eram mantidos de forma ilegal, sem as documentações necessárias. Por isso, eles foram apreendidos e encaminhados ao Instituto Butantã, localizado na cidade de São Paulo.

O responsável pelos répteis foi autuado pela introdução de espécie animal mediante sua guarda continuada a qualquer tempo e pela manutenção de espécies nativas em cativeiro, com multa de R$ 8,4 mil, além de ser investigado pelo possível comércio dos animais.

SÃO CARLOS/SP - C.C.J, de 29 anos, foi preso pela Polícia Militar no início da noite desta última quinta-feira, 24, na Rua Alto de Carvalho, no bairro Cidade Aracy, região sul de São Carlos.

Segundo consta, o sujeito teria ficado com ciúmes de C.M.S, 33 anos, (motivos dos ciúmes não foi revelado), onde acabou agredindo C.M.S, de 33 anos.

A Polícia Militar foi acionada e ao chegar à Rua Alto de Carvalho, encontrou o indivíduo visualmente alterado. Desta forma as partes foram conduzidas ao Plantão Policial, onde foram ouvidos, C.C.J, foi preso e a vítima liberada.

Suspeito foi detido em flagrante transportando a droga, em Ourinhos

 

OURINHOS/SP - A Polícia Militar deteve um homem em flagrante e apreendeu mais de 70 tijolos de cocaína que estavam sendo transportados em um carro, na última terça-feira (22), na Rodovia Raposo Tavares, em Ourinhos.

Os policiais do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) realizavam operação em combate ao narcotráfico quando suspeitaram do automóvel e efetuaram abordagem para verificação.

Durante a ação notaram nervosismo excessivo por parte do condutor, motivando busca veicular. Foram identificados fundos falsos nas laterais e no painel, sendo localizados 71 tijolos de cocaína, com peso total de 35,3 quilos.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia de Ourinhos, para onde o condutor foi encaminhado e permaneceu à disposição da Justiça.

 

A droga foi encontrada em uma residência na área rural da cidade; um homem foi preso em flagrante

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil prendeu, na tarde desta quinta-feira (24), um entregador, de 36 anos, que armazenava drogas em sua residência. O flagrante aconteceu na área rural do município de Ribeirão Preto.

A ação foi deflagrada por agentes da 1ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), que identificaram o imóvel durante apurações contra o tráfico.

Com a ordem judicial expedida pela Justiça, os policiais diligenciaram o endereço alvo e encontraram 29 tijolos de maconha, duas balanças de precisão e uma faca com resquícios de entorpecentes.

Algumas embalagens usadas no comércio das substâncias e papeis com anotações da movimentação financeira proveniente do tráfico também foram apreendidos e encaminhados para análise pericial.

O homem encontrado no local foi preso em flagrante e indiciado por tráfico de drogas.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30