fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Rodrigo Stein

Rodrigo Stein

Vendedor e Jornalista.
Ajudo a compor as materias e deixar a rádio sanca mais conhecida positivamente na cidade

URL do site: https://www.radiosanca.com.br/equipe/rodrigo-stein E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos recebeu na última sexta-feira (14/05), o presidente e vice do Sindicado dos Servidores Públicos e Autárquicos de São Carlos (SINDSPAM), respectivamente, Adail Alves de Toledo e Lucinei Custodio, em reunião do Paço Municipal.
Os representantes do Sindicato foram recebidos pelo prefeito Airton Garcia e pela secretária de Gestão de Pessoas, Helena Antunes e pelos secretários de Fazenda, Mário Luiz Duarte Antunes, de Planejamento e Gestão, Luiz Antonio Panone, pelo chefe de gabinete da Prefeitura, José Pires (Carneirinho) e pela procuradora Gabriela Leite.
Na ocasião foram discutidas possibilidades de abono aos servidores para recompor as perdas salariais desde que a justiça determinou a paralisação do pagamento do 14º salário, salário esposa e prêmio de assiduidade.  A decisão atingiu todos os servidores da Administração Direta e Indireta da Prefeitura Municipal, SAAE, Fundações (Pró-Memória) FESC e PROHAB e a Câmara Municipal que desde fevereiro não recebem mais esses benefícios.
Na reunião o SINDSPAM foi informado pelo secretário de Fazenda, Mário Luiz Duarte Antunes, que o município desde a decisão judicial contrária as leis municipais, os recursos estão sendo depositados mensalmente em uma conta exclusiva. "Por determinação do prefeito Airton Garcia esses recursos estão reservados, não sendo utilizados para nenhum outro fim. Já temos reservados R$ 7,5 milhões", revelou o secretário de Fazenda.
O presidente do SINDSPAM solicitou que a Prefeitura enviasse a Câmara Municipal um projeto de lei para a criação de dois abonos para os servidores.
O prefeito Airton Garcia alegou que neste momento não tem amparo legal para dar abono salarial. Sempre fizemos o possível para atender os servidores. Mas agora é necessário aguardamos a decisão judicial. Hora que sair discutiremos o que poderá ser feito. Não adianta enviar projeto agora para a Câmara e poder pagar só em janeiro de 2022", pontuou o prefeito.
Já o secretário de Planejamento e Gestão, Luiz Antonio Panone, disse que o Sindicato precisa dar um voto de confiança a Prefeitura. "Em virtude da pandemia todos os orçamentos estão sendo revistos. Neste momento não temos embasamento Jurídico legal para oferecer abono. Vamos aguardar janeiro para definir essa possibilidade ", ressaltou Panone.
Helena Antunes disse que assim que o momento permitir novas medidas poderão ser adotadas para repor as perdas salariais. "Agora não podemos falar em números. Não podemos pedir agora abono para janeiro de 2022, precisamos aguardar, inclusive o gatilho. Se a despesa atingir 95% da receita, a lei não permite", frisou a secretária de Gestão de Pessoas.
Hoje 2 mil servidores estão afastados em virtude da pandemia. A administração direta tem cerca 5 mil servidores.
A folha de pagamento do funcionalismo ultrapassa R$ 21 milhões, sendo R$ 6 milhões de INSS e R$ 1,7 milhão de FGTS.

LEI FEDERAL -  A Lei Complementar 173/2020, editada pelo Congresso Nacional e sancionada pela Presidência da República em 27 de maio de 2020, que estabelece o Programa Federativo de Enfrentamento ao coronavírus SARS-CoV-2 (COVID-19),  flexibilizou alguns dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal e permitiu que a União repassasse recursos públicos para que os Estados, o Distrito Federal e os Municípios enfrentassem a pandemia do novo coronavírus em 2020, porém a nova legislação estabeleceu restrições orçamentárias especialmente voltadas para despesas com pessoal, para os entes federados que se submeterem a esse regime fiscal diferenciado, caso de São Carlos que recebeu recursos. Dentre as medidas, ressalta-se as disposições do artigo 8º da nova lei, que veda a concessão da revisão geral anual aos servidores públicos.
São Carlos recebeu R$ 28 milhões, divididos em 4 parcelas de R$ 7 milhões cada, de auxílio emergencial do Governo Federal para enfrentamento a COVID-19, porém a Prefeitura reajustou pelo IPCA o valor do Ticket Refeição, passando de R$ 550,00 para R$ 578,60, com os mesmos percentuais de desconto por faixa salarial, a partir de 01/03/21. O reajuste somente foi possível porque a lei municipal é anterior a 28 de maio de 2020.

 

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta segunda-feira (17/05) mais 2 mortes por COVID-19 no município, totalizando 326 óbitos.
Trata-se de uma mulher de 81 anos, internada em hospital privado desde 10/05 e óbito registrado neste domingo (16/05) e de uma mulher de 63 anos atendida e colocada em leito de estabilização no Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio Filho, com resultado positivo para COVID-19, que evoluiu a óbito na manhã desta segunda-feira (17/05). A paciente já tinha sido cadastrada na CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde) com solicitação de transferência para hospital público.
Também morreram dois pacientes de outros municípios que estavam internados em hospitais de São Carlos. Um homem de 80 anos de Descalvado, internado em hospital privado desde 07/05 que morreu neste domingo (16/05) e uma mulher de 70 anos de Ibaté, internada em hospital público desde 29/03 que morreu nesta segunda-feira (17/05).
São Carlos contabiliza neste momento 18.354 casos positivos para COVID-19 (137 resultados positivos foram divulgados hoje), com 326 óbitos confirmados e 129 descartados.
Dos 18.354 casos positivos, 16.833 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 24 óbitos sem internação, 1.497 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 1.108 receberam alta hospitalar e 302 positivos internados foram a óbito.  17.671 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 35.547 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (308 resultados negativos foram liberados hoje).
Estão internadas neste momento 105 pessoas, sendo 38 adultos na enfermaria (37 positivos e 1 suspeito). Nove pacientes estão em Unidades de Cuidados Intermediários (UCI), unidades para pacientes que recebem alta da UTI e ainda necessitam de cuidados. No total na UTI adulto estão internadas 56 pessoas (56 positivos). Somente na UTI/SUS 36 adultos ocupam leitos. Já na enfermaria/SUS estão internadas 11 pessoas adultas. Na rede particular 29 pessoas estão internadas na enfermaria e 20 na UTI.
Na enfermaria SUS 2 crianças estão internadas, sendo 1 com suspeita da doença e 1 com resultado negativo para COVID-19. Nenhuma criança ocupa vaga de UTI neste momento.
15 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, sendo 9 em UTI/SUS e 1 em UTI de hospital particular. 2 pacientes de outros municípios estão internados em enfermaria do SUS e 2 estão em enfermaria de hospital particular. Na UCI 1 paciente de outro município ocupa vaga neste momento.
A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS adulto está em 97,3% (36 adultos estão internados). Neste momento a cidade opera com 37 leitos de UTI/SUS para adultos, sendo 27 na Santa Casa e 10 no Hospital Universitário (HU).

UPA – 10 pessoas estão neste momento sendo atendidas em leito de estabilização da UPA Santa Felícia, todos casos de baixa e média complexidade. Todos os pacientes já estão cadastrado e aguardam transferência via CROSS.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 63.746 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 61.862 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 1.884 ainda continuam em isolamento domiciliar.
A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre - mesmo que referida -, calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 41.523 pessoas já realizaram coleta de  exames, 29.550 tiveram resultado negativo para COVID-19, 11.716 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 257 aguardam resultado de exame.
O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

 

Prefeito licenciado de São Paulo está internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de maio para tratamento de câncer.

 

SÃO PAULO/SP - O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apresentou agravamento do estado de saúde nesta sexta-feira (14). Segundo o boletim médico, o quadro é irreversível.

Covas está internado desde o dia 2 de maio no Hospital Sírio-Libanês, no Centro da capital paulista, para tratamento do câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

Continua depois da publicidade

"O Prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica. Neste momento, encontra-se no quarto acompanhado de seus familiares", diz boletim divulgado na noite desta sexta.

Na segunda-feira (10), Covas havia iniciado uma nova etapa de tratamento, com a combinação de imunoterapia e terapia-alvo.

A imunoterapia é feita com medicamento que reforça o sistema imunológico do paciente, para que ele próprio combata o câncer. Já a terapia-alvo, um tratamento mais recente, é feita com outro tipo de medicamento, que identifica uma proteína que existe em células cancerígenas e ataca essas células.

Na semana passada, Covas passou também por sessões de radioterapia para ajudar a conter um sangramento na cárdia detectado em um exame.

Por G1

 

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta sexta-feira (14/05) mais 1 morte por COVID-19 no município, totalizando 319 óbitos.
Trata-se de um homem de 49 anos, internado em hospital público desde 16/04 e morte registrada na noite desta quinta-feira (13/05).
São Carlos contabiliza neste momento 18.217 casos positivos para COVID-19 (92 resultados positivos foram divulgados hoje), com 319 óbitos confirmados e 129 descartados.
O óbito descartado é de uma mulher de 56 anos, internada em hospital público em 12/05 e óbito registrado em 13/05, com resultado negativo para COVID-19.
Dos 18.217 casos positivos, 16.708 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 23 óbitos sem internação, 1.486 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 1.105 receberam alta hospitalar e 296 positivos internados foram a óbito.  17.471 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 35.239 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (125 resultados negativos foram liberados hoje).
Estão internadas neste momento 107 pessoas, sendo 34 adultos na enfermaria (32 positivos, 1 suspeito e 1 negativo). 9 pacientes estão em Unidades de Cuidados Intermediários (UCI), unidades para pacientes que recebem alta da UTI e ainda necessitam de cuidados. No total na UTI adulto estão internadas 58 pessoas (57 positivos e 1 negativo). Somente na UTI/SUS 36 adultos e 1 criança ocupam leitos. Já na enfermaria/SUS estão internadas 15 pessoas adultas. Na rede particular 24 pessoas estão internadas na enfermaria e 22 na UTI.

Continua depois da publicidade

Na enfermaria SUS 5 crianças estão internadas, sendo 2 com suspeita da doença e 3 com resultado negativo para COVID-19. A criança que ocupa vaga de UTI/SUS também está com resultado negativo para a doença.
12 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, sendo 6 em UTI/SUS e 1 em UTI de hospital particular. 1 paciente de outro município está internado em enfermaria do SUS e 1 está em enfermaria de hospital particular. Na UCI 3 pacientes de outros municípios estão internados neste momento.
A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS adulto está em 97,3% (36 adultos estão internados). Neste momento a cidade opera com 37 leitos de UTI/SUS para adultos, sendo 27 na Santa Casa e 10 no Hospital Universitário (HU).

 


UPA – 9 pessoas estão neste momento sendo atendidas em leito de estabilização da UPA Santa Felícia, todos casos de baixa e média complexidade. Os pacientes já estão cadastrado e aguardam transferência via CROSS.


NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 63.140 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 61.202 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 1.938 ainda continuam em isolamento domiciliar.
A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre - mesmo que referida -, calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 41.023 pessoas já realizaram coleta de  exames, 29.242 tiveram resultado negativo para COVID-19, 11.552 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 229 aguardam resultado de exame.
O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Maio 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
Propagandas gratuitas right 2