fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Rodrigo Stein

Rodrigo Stein

Vendedor e Jornalista.
Ajudo a compor as materias e deixar a rádio sanca mais conhecida positivamente na cidade

URL do site: https://www.radiosanca.com.br/equipe/rodrigo-stein E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

SÃO CARLOS/SP - Nesta quarta-feira (25/11) é comemorado em todo mundo o Dia Internacional de Luta contra a Violência à Mulher, instituído em 1999 pela ONU (Organização das Nações Unidas) para homenagear as irmãs Mirabal (Pátria, Minerva e Maria Teresa), assassinadas pela ditadura de Leônidas Trujillo na República Dominicana. 
A Organização Mundial de Saúde define como ato de violência o dano físico, sexual, psicológico, incluindo ameaças, coerção e privação arbitrária da liberdade, seja na vida pública seja na vida privada.
Atualmente, 125 países possuem leis específicas de proteção à mulher, sendo que a legislação brasileira (Lei Maria da Penha) é considerada uma das três mais avançadas do mundo. 
Em São Carlos, desde 2015, em virtude de uma ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) do Ministério Público (2006840-70/2015.826. 0000), que determinou a extinção das Divisões dentro da estrutura administrativa da Prefeitura e, consequentemente a extinção dos cargos de chefia desses setores, as políticas públicas para as mulheres, ou seja, os programas que visam assegurar os direitos das mulheres passaram a ser desenvolvidos diretamente pela gestão da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). 
Por meio do CREAS, desde janeiro desse ano já foram atendidas 68 mulheres vítimas de violência intrafamiliar (física, psicológica e/ou sexual). No local as mulheres recebem encaminhamento jurídico, atendimento psicossocial, além de orientações para o mercado de trabalho, e, quando necessário, a inclusão em programas de complementação de renda.
O município também possui, desde 2001, a Casa Abrigo “Gravelina Teresinha Lemes”. De caráter sigiloso e provisório, tem como objetivo principal o acolhimento à mulher e seus filhos menores em situação de risco iminente pelo período necessário a sua proteção e integridade física. Oferece acompanhamento aos atendimentos de saúde, orientação jurídica e psicológica, garante o convívio escolar dos filhos e promove o desenvolvimento de uma consciência crítica e o fortalecimento da mulher no seu cotidiano. Em 2020 a Casa Abrigo já realizou 15 acolhimentos de mulheres em situação de violência (ameaça de vida).
De acordo com a secretária de Cidadania e Assistência Social, Glaziela Solfa Marques, as mulheres vítimas de violência também podem buscar atendimento no Centro de Referência em Direitos Humanos, para acolhimento da situação. Em tempos de pandemia a secretária também ressaltou outros meios para que as mulheres vítimas de violência possam acessar a justiça. “O registro de boletim de ocorrência de violência doméstica pode ser feito pela internet. A Polícia Civil também está incentivando a denúncia dos casos de violência contra a mulher pelos telefones 180 da central de denúncias e pelo 190 da Policia Militar”.
Também já está disponível o aplicativo (app) Direitos Humanos Brasil do Governo Federal, desenvolvido para  Android e iOS. Por meio do aplicativo as vítimas podem enviar seus relatos durante o isolamento e pedir socorro. Outra alternativa é procurar a Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário que criou o Projeto “Carta de Mulheres” para ajudar mulheres que querem informações e orientações antes de tomar decisão ou qualquer pessoa que queira ajudar uma mulher, basta preencher o formulário online www.tjsp.jus.br/cartademulheres e preencher os campos. Uma equipe especializada responderá com as orientações.

SÃO CARLOS/SP - O Centro de Atendimento a Infecções Crônicas da Prefeitura de São Carlos “Ana Cláudia Lucato Cianflone” (CAIC) realiza nos próximos dias 1º e 2 de dezembro testes rápidos de HIV/AIDS e Sífilis. A ação faz parte da 13ª edição da Campanha Fique Sabendo desenvolvida por meio do Programa Estadual de DST/AIDS de São Paulo para a intensificação da testagem junto às populações mais expostas às infecções sexualmente transmissíveis e também em comemoração ao Dia Mundial de Combate a AIDS, celebrado em 1.º de dezembro.
O tema “Fique Sabendo – Faça o teste da AIDS e da Sífilis” pretende destacar a importância do diagnóstico precoce destes dois agravos principalmente entre jovens. O objetivo da ação é levar o alerta da doença e a importância do diagnóstico precoce que faz toda a diferença no prognóstico do paciente, evitando o desenvolvimento das doenças oportunistas, a transmissão de novos casos e a transmissão vertical (mãe para o filho), tanto de HIV como de Sífilis.
Atualmente 1.000 pessoas estão em tratamento de HIV no Centro de Atendimento a Infecções Crônicas. De janeiro a novembro desse ano foram registrados 73 novos casos. De Sífilis Adquirida foram notificados 53 casos, 19 de Sífilis Congênita e 39 de Sífilis em Gestantes.
Em São Carlos os testes durante a campanha serão realizados na terça-feira (1º/12) e na quarta-feira (2/12), das 8h às 16h, na sede do CAIC, localizado na rua 7 de Setembro, nº 2.277, no centro; nas Unidades de Saúde da Família (USF) do Jockey Clube e USF Guanabara, ambas localizadas na rua Rio Araguaia, nº 750; na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Cidade Aracy, na rua Sebastião Lemos, nº 426 e na UBS da Vila Nery, na rua da Imprensa, nº 410.
O CAIC São Carlos é um centro de atendimento a doenças e agravos de notificação compulsória e tratamento contínuo e trabalha em consonância com os programas nacionais e estaduais realizando a busca ativa, prestando assistência e divulgando indicadores que permitem a formulação de políticas e programas voltados ao diagnóstico precoce e tratamento imediato às pessoas portadoras de HIV, Sífilis, Hepatites Virais B, E e C, Tuberculose e Hanseníase. A unidade faz testes rápidos tanto para Hepatite B e C como para HIV e Sífilis durante o ano todo e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Outras informações sobre os testes podem obtidas pelo telefone (16) 3419-8240.

SÃO CARLOS/SP - Um motociclista de 33 anos ficou ferido na tarde desta quarta-feira (25), após colidir com sua motocicleta JTZ Chopper na cor vermelha, contra um Volkswagen Gol na cor prata, em frente a entrada dos funcionários do Extra, em São Carlos.

Segundo o apurado pelo nosso repórter, após a colisão o motociclista foi ao solo e sofreu escoriações pelo corpo. Ele foi socorrido pelos bombeiros civis que trabalhando no Shopping e pela motolância que chegou logo após o acidente. A Ambulância 282 atendeu a ocorrência e encaminhou o paciente para a Santa Casa para uma avaliação médica detalhada.

A Polícia Militar também atendeu a ocorrência e sinalizou o trânsito.  

RIO DE JANEIRO/RJ - O Rio voltou a ter um patamar preocupante de ocupação de leitos de UTI para o combate à covid-19. Nesta quarta-feira (25), a taxa de ocupação para tratamento intensivo da doença chegou a 93% na rede SUS. Os números englobam os leitos de unidades municipais, estaduais e federais

Se forem considerados também os municípios da Baixada Fluminense ao todo 146 pacientes aguardavam transferência para leitos especializados. Deste total, 73 eram para UTIs.

Além dos níveis alarmantes nas UTIs, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria para tratamento do novo coronavírus na capital estão em 70%. Os dados são da SMS (Secretaria Municipal de Saúde).

Ao todo, a rede SUS da capital tinha na manhã dessa quarta 1.087 pessoas internadas em leitos voltados ao combate à covid-19, sendo 513 em UTI. Desse total, 541 pacientes estão em unidades de saúde do município, sendo 264 em UTIs.

Por: R7

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral