fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Rodrigo Stein

Rodrigo Stein

Vendedor e Jornalista.
Ajudo a compor as materias e deixar a rádio sanca mais conhecida positivamente na cidade

URL do site: https://www.radiosanca.com.br/equipe/rodrigo-stein E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

TAGUAÍ/SP - O velório de parte das 41 vítimas que morreram no acidente envolvendo um ônibus e um caminhão no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, em Taguaí, interior de São Paulo, ocorre na manhã desta quinta-feira (26), em Itaí.

"A dor é muito grande. O idela era que o ônibus estivesse com 50% da capacidade de ocupação de passageiros", afirmou Dorival Pacheco, que perdeu a mulher e o genro de 25 anos na tragédia. "Deixar o primeiro filho com menos de dois anos é muito triste. Vamos ter que entrar com uma medida judicial para tentar amenizar a dor", afirmou.

Veja ainda: Corpos de vítimas da tragédia com ônibus em Taguaí são identificados

O velório ocorre no ginásio central de Itaí e segue regras de distanciamento social em função da pandemia do corornavírus. Há também outro corpo velado em outro ginásio. Cada família tem 2 horas para velar o corpo. Foram sepultados 18 corpos em Itaí desde a noite da quarta-feira (25). Ao todo, foram sepultados 32 corpos na cidade e 9 foram levados a outros municípios. Alguns foram velados em residências e igrejas.

A força-tarefa, montada pelo governo estadual, concluiu na madrugada desta quinta-feira (26), a identificação e liberação dos corpos das 41 vítimas fatais do acidente ocorrido na manhã da quarta-feira (25) envolvendo um ônibus e um caminhão que colidiram no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, em Taguaí, interior de São Paulo.

Além dos policiais militares e bombeiros que, desde as primeiras horas da manhã, atuaram no resgate das vítimas e na preservação do local do acidente, cerca de 50 profissionais das polícias Civil e Técnico-Científica participaram das atividades da força-tarefa tanto na região de Taguaí quanto na capital paulista.

Por R7

MUNDO - Corpo de craque argentino está na Casa Rosada, sede do governo, e são esperados que mais de um milhão de torcedores de despeçam do camisa 10

O velório de Diego Armando Maradona acontece na Casa Rosada, sede do governo da Argentina, em Buenos Aires, neste sexta-feira. Por volta de 6h da manhã as portas foram abertas para que os fãs pudessem dar o último adeus a um dos maiores ídolos argentino.

Muitos torcedores dormiram na Plaza de Mayo e o governo armou um forte esquema de segurança. Porém houve confusão e tumulto nas primeiras horas. Mas os policiais conseguiram conter os fãs e o velório acontece calmamente.

Os torcedores têm de passar rapidamente por onde está o corpo de Maradona e não podem ficar parados em frente ao caixão do craque, que está coberto com uma bandeira da Argentina e camisas da seleção e do Boca Juniors, time do coração do gênio.

 Como os fãns não podem parar em frente ao corpo do camisa 10, eles jogam camisas, fotos, flores e objetos em direção ao caixão de Maradona. Todos estão emocionados e com frequência cantam músicas das torcidas argentinas.

A família e os amigos do argentino fizeram uma cerimônia rápida antes da abertura do velório para o público. Entre os amigos estiveram presentes Carlos Tévez, Mascherano, Maxí Rodríguez, Jorge Burruchaga e Martín Palermo.

 O velório está previsto para acontecer até as 16h e depois acontecerá o sepultamento no Cemitério Jardim da Paz, na periferia de Buenos Aires. O local foi escolhido pela família, porque os pais de Maradona também estão enterrados lá. Mas torcedores e autoridades chegaram a pedir que o craque ficasse nos cemitérios maiores da cidade, como da Recoleta ou da Chacarita, onde estão sepultados outros ídolos argentinos.

A expectativa é que mais de um milhão de pessoas passem pela Casa Rosada, mas a imprensa argentina prevê nem todas as pessoas consigam entrar na sede do governo, já que a família de Maradona escolheu fazer um velório mais curto.

Por R7

Convênio irá atender animais silvestres socorridos em trecho da concessionária
 

SÃO CARLOS/SP - Os filhotes de sagui, porco espinho, tamanduá, cervo, entre outros, que estão sob os cuidados do PESC - Parque Ecológico de São Carlos “Dr. Antonio Teixeira Vianna”, em São Carlos/SP, vão ter o espaço de atendimento e cuidados ampliados. A Eixo SP Concessionária de Rodovias irá destinar duas unidades de contêineres marítimos adaptadas e equipadas para compor o setor de isolamento de filhotes em situação de risco do Parque Ecológico.
A iniciativa é resultado de um convênio firmado entre a Eixo SP e a Prefeitura de São Carlos para a identificação e tratamento de animais silvestres encontrados e socorridos pelas equipes da concessionária, reabilitando e os reintroduzindo em seu habitat natural.

Alcance - O trecho do convênio incluí a SP 310 – Rodovia Washington Luís, rodovias vicinais na região de Rio Claro e a Rodovia SP 255 – Comandante João Ribeiro de Barros, ampliando a abrangência desse tipo de atendimento da concessionária para a área central do Estado.
“Eu acredito que essa parceria vai implementar o trabalho de cuidados e recriação não apenas dos animais vindos das áreas de rodovias, mas também de outros que precisem de cuidados humanos, uma atividade feita pelo PESC há anos. Esse apoio que a Eixo está dando vai possibilitar maior tranquilidade aos técnicos no cuidado com os filhotes, principalmente. Em um ano teremos uma avaliação numérica, muito positiva conquistada por essa parceria”, afirmou Fernando Magnani, biólogo e diretor do Departamento de Proteção e Defesa Animal da Prefeitura de São Carlos, responsável pelo PESC.
O espaço também será destinado à educação ambiental, uma das atividades do zoológico que é reconhecido nacionalmente.
A atenção da Eixo SP com a proteção da vida silvestre começou antes mesmo de assumir a concessão, treinando os colaboradores operacionais para realizar o manejo de animais.
“A parceria com o Parque Ecológico de São Carlos, complementa nossas ações de proteção e socorro à fauna silvestre, através da criação de um posto de atendimento para animais silvestres resgatados nas rodovias. Temos a certeza de que esse trabalho conjunto trará muitos frutos ao meio ambiente e a sociedade”, disse Gabriel Bispo da Silva, supervisor de Meio Ambiente da Eixo SP.

SÃO CARLOS/SP - Um motociclista de 20 anos ficou gravemente ferido no final da tarde desta quarta-feira (25), após colidir com sua Honda CG 150 preta, contra um Ford EcoSport na cor Prata, e ser arremessado da motocicleta e colidir contra uma placa de sinalização e contra o muro, no Centro de São Carlos.

Segundo o apurado pela nossa reportagem, a EcoSport seguia pela Rua Dona Maria Jacinta, quando no cruzamento com a Rua Paulino de Abreu Sampaio o veículo que seguia pela preferencial deu passagem a EcoSport que iria descer a Rua Dona Maria Jacinta, neste momento o motociclista que segundo informações estava em alta velocidade, não conseguiu frear e colidiu contra a EcoSport.

O impacto foi tão forte que o motociclista foi arremessado da motocicleta e bateu contra a sinalização de trânsito e arrancou a placa, posteriormente ele ainda teria batido no muro antes de ir ao solo. Populares correram pediram auxilio da Ambulância da São Francisco, que fica próxima ao local onde ocorreu o acidente e o rapaz foi socorrido pela ambulância da São Francisco com suporte da Ambulância 284 do SAMU, os socorristas da São Francisco encaminharam com urgência o jovem para o SMU da Santa Casa pois o estado do rapaz era grave.

A Polícia Militar atendeu a ocorrência, registrou o boletim, auxiliou no trânsito e irá investigar a real causa do acidente.  

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral