fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

SÃO PAULO/SP - O deputado estadual Tenente Coimbra (PSL/SP) protocolou um projeto de lei na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) que propõe que Guarda Civis Municipais investigados sejam recolhidos para quartéis ou estabelecimentos próprios aos agentes de segurança pública do Estado, não sendo mais levados para prisões comuns.

A lei permitiria que a Secretaria da Segurança Pública firmasse convênios com os municípios para que os GCMs, assim como policiais militares e civis, fiquem retidos em celas especiais. A situação se aplicaria antes que o suspeito tenha sua condenação definitiva.

“A proposta busca dar um tratamento isonômico entre os guardas municipais e os demais agentes de segurança. Antigamente, os GCMs só tinham que defender a parte patrimonial do município, mas hoje em dia, com o aumento da criminalidade, eles possuem uma atuação semelhante à polícia, atendendo a chamadas de furtos, roubos, tráfico de drogas, entre outros crimes”, pontua o Tenente Coimbra.

Atualmente, caso um guarda municipal seja preso, ele é levado para a mesma prisão onde ficam, muitas vezes, criminosos que ele ajudou a prender, o que traz riscos para a integridade do agente. “Ao dividir o mesmo ambiente com delinquentes do crime organizado, com sede de vingança, a vida do guarda é colocada em risco”, afirma.

Caso aprovada, a medida resguardaria, somente na cidade de São Paulo, mais de 6 mil profissionais. “Precisamos defender quem nos defende da criminalidade diariamente. Com este projeto, será possível resgatar o reconhecimento das Guardas Civis municipais como forças de segurança, já que elas atuam na manutenção do patrimônio mais importante de qualquer município: a vida dos cidadãos”, conclui o deputado.

MUNDO - A CSJ (Corte Suprema de Justiça) da Colômbia decretou nesta 3ª feira (4.ago.2020) a prisão temporária do ex-presidente Álvaro Uribe. Ele é acusado de fraude processual e pagamento de suborno.

Em vídeo divulgado no perfil da Corte no Twitter, o presidente da CSJ, Héctor Javier Alarcón Granobles, explicou que a Corte determinou que a prisão pode ser cumprida de forma domiciliar. Segundo ele, a CSJ justificou o pedido por considerar que existe risco de obstrução da Justiça em relação à futura coleta de evidências.

A CSJ disse, em comunicado, que a medida “baseia-se em uma grande quantidade de material probatório coletado e analisado pela Câmara Especial de Investigação“. Entre eles, “depoimentos, inspeções judiciais, registros de filmes, gravações e interceptações telefônicas, que aparentemente indicam a suposta participação [de Uribe] como determinante dos crimes de suborno de testemunhas em processos criminais e fraudes processuais“.

O ex-presidente manifestou “profunda tristeza” pela decisão. Em seu perfil no Twitter, Uribe disse que “a privação de minha liberdade me causa profunda tristeza por minha mulher, por minha família e pelos colombianos que ainda acreditam que eu fiz algo de bom pela pátria“.

O processo no qual Uribe é investigado foi aberto pelo próprio ex-presidente. Uribe acusou 1 de seus maiores adversários, o senador Iván Cepeda, de ter contratado ex-paramilitares para envolver seu nome nas atividades de grupos de extrema direita. Em 2018, a Justiça da Colômbia não aceitou a denúncia e abriu inquérito contra Uribe. A CSJ acusa o ex-presidente de manipular testemunhas para incriminar seu adversário.

Atual presidente da Colômbia, Iván Duque chamou Uribe de “patriota genuíno” e “dedicado a servir a Colômbia“. Em pronunciamento, disse: “Sou e serei sempre crente na inocência e na honra de quem com seu exemplo ganhou um lugar na história da Colômbia“, disse.

 

 

*Por: PODER360

SÃO CARLOS/SP - PMs do 38º BPMi conseguiram deter dois sujeitos na tarde de ontem, 26, com drogas no Jardim Pacaembu, em São Carlos.

Segundo informações, os PMs Cabos Ludugerio e Neto, realizavam o patrulhamento, quando no cruzamento das Ruas Salomão Schevz, com a Guadalajara, avistaram um indivíduo entregando algo para outra pessoa, e aparentemente ficaram apreensivos com a presença dos Militares. Ambos foram abordados e em posse de G.A.S.B, foi localizado 05 eppendorfs de cocaína, 01 porção de maconha e R$ 280,50 em dinheiro. Já com R.L.B, foi encontrado 01 porção de maconha e R$ 164,00 em espécie.

Questionados, G.A.S.B, disse que estava no local vendendo os entorpecentes, já R.L.B, informou que estava comprando a maconha.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão para G.A.S.B, no Art 33 da lei 11.343/06 e nesse momento o mesmo ofereceu a equipe Policial a quantia que estava na sua posse pra liberar do flagrante, nesse momento foi dado voz de prisão por corrupção ativa e voz de prisão a R.L.B, no art 28 da lei 11.343/06 e conduzidos ao Plantão Policial.

Pelo Plantão Policial o delegado de Polícia formalizou o auto em flagrante delito a G.A.S.B, onde foi recolhido ao Centro de Triagem, já o ‘consumidor’ da droga foi ouvido e liberado.

BOA ESPERANÇA DO SUL/SP - O motivo que levou um homem a fugir da Polícia Militar em alta velocidade pelas ruas de Boa Esperança do Sul e provocar uma colisão contra uma viatura policial foi revelado assim que o suspeito foi detido e levado para a delegacia.

O veículo era conduzido por Adão Douglas Nunes Gonçalves dos Santos, de 31 anos, que fugiu com um VW Golf de cor prata e só parou após bater o carro contra uma viatura da Polícia Militar na Rua Natalino Camarosanno, no Jardim Vista Verde. Contra ele, havia um mandado de prisão pela prática de violência doméstica e fugiu para tentar evitar a prisão. Além do caso de violência doméstica, Santos já se envolvera em tráfico de drogas.

A colisão aconteceu após uma perseguição pelas ruas do bairro, assistida por dezenas de moradores que testemunharam e filmaram a ação da Polícia. Após ser cercado, ele atingiu frontalmente uma viatura Renaut/Duster, com prefixo I-13110. Ele ainda deu ré e colidiu em outra viatura, um Fita/ Palio Weekend com prefixo I-13138.

O motorista, mesmo cercado pelos policiais, mostrou resistência ao ser algemado. Populares ainda tentaram resgatar o criminoso e evitar sua prisão, mas foram contidos.

Ele foi encaminhado ao plantão policial de Araraquara, onde foi preso em flagrante pelo mandado de prisão que havia contra ele e autuado por desobediência, resistência e dano qualificado.

 

 

*Por: PORTAL MORADA

Mulher, grávida de 7 meses, e o homem estavam com duas crianças no carro abordado na SP-333. No total foram apreendidos mais de 108 quilos de droga.

GUARANTÃ/SP - A Polícia Rodoviária apreendeu 87 tabletes de pasta base de cocaína e outros 17 de cocaína pura durante fiscalização na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333) em Guarantã, no último sábado (4).

A droga estava no fundo falso do porta-malas de um carro que foi abordado durante fiscalização de rotina. Um homem e uma mulher, grávida de 7 meses, estavam no veículo com duas crianças, de 7 e 9 anos.

Diante do nervosismo dos adultos, as equipes resolveram vistoriar o veículo e localizaram a droga. No total foram 104 tabletes apreendidos que somaram mais de 108 quilos de pasta base e cocaína pura.

O casal foi preso em flagrante e aguardam audiência de custódia. Já as duas crianças estão à disposição do Conselho Tutelar de Lins. A ocorrência foi registrada no plantão policial de Lins.

 

 

*Por: REPÓRTER BETO RIBEIRO

SÃO CARLOS/SP - Os PMs da 1ªCia e da Rocam, prenderam dois irmãos acusados de estarem envolvidos em assaltos a postos de combustíveis, em São Carlos.

Segundo informações da PM, no dia 24 de março deste ano, a dupla já foi detida, porém foram liberados por falta de provas. Daquele dia em diante os irmãos passaram a ser investigados pela Polícia Civil e ontem 02 de julho, na Rua Paraná, no Jardim Cruzeiro do sul, a Justiça determinou a prisão dos dois.

W.A.P.A. e W.B.T, foram conduzidos a delegacia e levados ao Centro de Triagem de São Carlos.

SÃO CARLOS/SP - Nas primeiras horas desta manhã gelada de sexta-feira, 03 de julho de 2020, um indivíduo foi detido pela Polícia Militar em uma residência no bairro Nova Santa Paula, em São Carlos.

Segundo informações, o 190 da PM foi acionado, pois o sujeito invadiu um quintal de uma casa na Rua Liborio Marino. A dona da residência que estava sozinha acionou os Policiais que imediatamente chegou ao local, que ao ver os PMs tentou se evadir, mas sem sucesso.

A Polícia Militar encaminhou o sujeito ao Plantão Policial e depois ao Centro de Triagem de São Carlos.

MUNDO - O Irã emitiu 1 mandado de prisão para o presidente americano, Donald Trump, e outras 35 pessoas pelo assassinato do general Qasem Soleimani e pediu ajuda à Interpol. A afirmação foi feita pelo promotor de Teerã, Ali Alqasimehr, nesta 2ª feira (29), segundo a agência de notícias iraniana de notícias Fars.

Segundo Ali Alqasimehr, os mandados foram emitidos sob a acusação de ação terrorista e de assassinato.

Qassem Soleimani era líder da Força Quds do Exército de Guardiães da Revolução Islâmica e 1 dos homens mais poderosos do país. Ele foi morto em 1 ataque com drone dos Estados Unidos em Bagdá, no Iraque, em 3 de janeiro.

O bombardeio e a execução do general foram ordenados por Trump, que acusou Soleimani de orquestrar ataques de milícias alinhadas ao Irã contra forças norte-americanas na região.

Alqasimehr afirmou que o Irã pediu à Interpol para emitir 1 “aviso vermelho” para Trump e as outras autoridades civis e militares dos EUA que são acusadas ​​pela República Islâmica de participar do ataque. Ainda segundo o promotor, o Irã continuará a investigar o assunto após o término do mandato presidencial de Trump. O mandatário americano concorre à reeleição no início de novembro.

O assassinato de Soleimani, de 62 anos, levou os Estados Unidos e o Irã à beira de 1 conflito armado. Após o ataque em Bagdá que matou o general iraniano, o Irã prometeu vingança e fez 1 ataque contra bases que abrigavam tropas americanas no Iraque.

Além disso, 1 avião ucraniano com 176 pessoas foi derrubado logo após decolar do aeroporto de Teerã. Dois dias depois a Guarda Revolucionária assumiu que fez ataque ao avião e que foi 1 engano.

 

 

*Por: PODER360

SÃO CARLOS/SP - A Polícia Militar prendeu um homem acusado de agredir sua companheira na tarde deste último sábado (27), no bairro Jardim Tangará, em São Carlos.

Segundo consta, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de agressão à mulher. Os PMs em contato com a vítima de 26 anos, relatou que o seu “amor” é usuário de drogas e que o mesmo teria lhe agredido para pegar o seu dinheiro. Enquanto os Militares conversavam com a vítima, o valentão chegou à residência e foi detido pelos policiais.

O pintor de 26 anos, foi conduzido ao Plantão Policial, onde foi autuado em flagrante por ameaça, lesão corporal e violência doméstica, ficando detido e recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos.

BRASÍLIA/DF - A ativista bolsonarista Sara Winter recebeu jornalistas em sua casa nesta última 6ª feira (26) depois de receber autorização para deixar o presídio feminino de Brasília. Ela foi alvo da operação Lume da PF, que apura o financiamento de atos antidemocráticos.

Aos repórteres, Sara disse que não fez nenhuma ameaça ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes.

“Na verdade, eu não fiz nenhuma ameaça ao ministro aqui citado. Depois de 1 momento em que minha privacidade foi violada, em situação de forte emoção, eu disse ‘se eu estivesse em São Paulo, eu queria saber onde é o condomínio dele, porque eu iria lá e eu queria convidá-lo para trocar socos comigo’. Eu acho que você fazer 1 convite não é uma ameaça.”

Moraes autorizou mandados de busca e apreensão contra 29 bolsonaristas no âmbito de outra investigação, ligada ao inquérito das fake news. Sara foi 1 dos alvos.

No mesmo dia, a ativista publicou 1 vídeo em que, além do “convite” à troca de socos, disse: “A gente vai infernizar a tua vida. A gente vai descobrir os lugares que o senhor frequenta, a gente vai descobrir quem são as empregadas domésticas que trabalham para o senhor, a gente vai descobrir tudo da sua vida”.

 

Assista (1min18s):

 

*Por:Valquiria Homero /  PODER360

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31