fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Domingo, 11 Abril 2021

SÃO CARLOS/SP - O Serviço Autônomo de Água e Esgoto - SAAE comunica que de acordo com o Decreto Municipal nº 183 de 09 de abril de 2021, o atendimento presencial será retomado apenas na Unidade de Atendimento ao Usuário, situado à rua Sete de Setembro, nº 2.152, no centro, das 8h30 às 16h30, mediante prévio agendamento que deve ser realizado através do site da autarquia pelo www.saaesaocarlos.com.br ou pelo telefone 08000-111-064. A ligação é gratuita.

As demais unidades de atendimentos aos usuários da Vila Prado, Santa Felícia, Cidade Aracy e Santa Eudóxia permanecerão fechadas neste momento.

Os usuários também poderão utilizar-se de meios alternativos de atendimento como a Agência Virtual e Fale Conosco, todos disponíveis no próprio site www.saaesaocarlos.com.br ou através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Publicado em Outras Notícias

SÃO CARLOS/SP - O Serviço de Utilidade Pública Especializado em Reabilitação e Acolhimento – S.U.P.E.R.A, está com as inscrições abertas para o projeto em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Cultura intitulado “SuperAção – Esporte, Lazer e Qualidade de Vida na Melhor Idade”.

Desta forma, o S.U.P.E.R.A convida toda comunidade que tenha interesse em realizar atividades com educador físico, fisioterapeuta, nutricionista e psicólogo para se inscreverem.

O projeto irá acontecer de segunda a quinta feiras, das 18:00 às 19:40 horas, por meio da plataforma online. São vagas disponibilizadas para ambos sexos, com idade acima de 40 anos e que não possua nenhuma doença descompensada.

Se houver interesse, basta enviar uma mensagem no WhatsApp (16) 99270-2164

Lembrando que são apenas 40 VAGAS até final de Abril.

Publicado em Esportes

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta segunda-feira (12/04) mais 2 mortes por COVID-19 no município, totalizando 247 óbitos neste momento.

Trata-se de uma mulher de 80 anos residente em instituição de longa permanência para idosos, internada em hospital de Araraquara desde 06/04 e um homem de 59 anos, internado em hospital público desde 05/04. Os dois óbitos foram registrados neste domingo (11/04).

Dos 46 idosos residentes neste abrigo de idosos, 44 testaram positivo para COVID-19, 2 negativos e 8 morreram da doença. Dois permanecem internados em hospital público de São Carlos. Os outros 36 permanecem em isolamento na própria instituição e estão sendo acompanhados pelo médico particular do abrigo. Dos 48 funcionários, 14 apresentaram resultado positivo para COVID-19 e permanecem em isolamento domiciliar, 29 testaram negativo para o novo coronavírus. Todos já receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz no dia 4 de fevereiro.

São Carlos contabiliza neste momento 15.304 casos positivos para COVID-19 (196 resultados positivos foram divulgados hoje), com 247 óbitos confirmados e 127 descartados.

Dos 15.304 casos positivos, 14.173 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 22 óbitos sem internação, 1.109 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 794 receberam alta hospitalar e 225 positivos internados foram a óbito. 14.608 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 32.295 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (176 resultados negativos foram liberados hoje).

Estão internadas neste momento 114 pessoas, sendo 42 adultos na enfermaria (37 positivos e 5 suspeitos). 12 pacientes estão em Unidades de Cuidados Intermediários (UCI), unidades para pacientes que recebem alta da UTI e ainda necessitam de cuidados. Na UTI adulto estão internadas 53 pessoas (52 positivos e 1 suspeito). Na enfermaria/SUS estão internadas 21 pessoas. Na rede particular 26 pessoas estão internadas na enfermaria e 19 na UTI. 

Na enfermaria SUS 5 crianças estão internadas, sendo 3 com suspeita da doença e 2 com resultado negativo. 2 crianças estão internadas em UTI/SUS com suspeita da doença.

Onze pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, sendo 5 em UTI/SUS e 3 em UTI de hospital particular. Nenhum paciente de outro município está internado em enfermaria do SUS e de hospital particular. Na UCI 3 pacientes de outros municípios estão internados.

A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS adulto está em 94,4% (34 adultos estão internados). 

Neste momento a cidade opera com 36 leitos de UTI/SUS para adultos, sendo 26 na Santa Casa (apesar de ter 30 vagas, somente 26 estão em operação. O hospital anunciou a falta de insumos e não retornou a admissão total de novos pacientes) e 10 no Hospital Universitário (HU).

UPA – 8 pessoas estão sendo atendidas em leitos de estabilização, sendo 6 casos de baixa complexidade e 2 casos de alta complexidade.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 56.101 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 54.867 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 1.234 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre - mesmo que referida -, calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 35.734 pessoas já realizaram coleta de exames, 26.174 tiveram resultado negativo para COVID-19, 9.484 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 76 aguardam resultado de exame.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - No dia 27 de julho de 2020, a Rádio Sanca escreveu uma matéria a pedido dos moradores do Parque Primavera, sobre o constante descarte irregular de resíduos sólidos e um vazamento de esgoto na Rua José de Paula Lattanzio.

Na época, a prefeitura através da secretaria de serviços públicos limpou o local e o SAAE resolveu o problema de vazamento. Porém, o descarte irregular continua, uma moradora nos enviou imagens exclusivas de um caminhão basculante com a caçamba erguida e segundo a moradora, estaria de forma irresponsável e irregular descartando resíduos sólidos.

Em nome dos moradores a denunciante pede para que os moradores tomem coragem e denunciem aos órgãos competentes. “Façam como eu tirem fotos e denunciem, se ver e puder ligar pra Guarda Municipal ou para a fiscalização é melhor ainda, pois dado o fragrante o infrator é conduzido à delegacia” disse moradora.

Os telefones para denúncias são:

Guarda Municipal – 153 /  (16) 3364-2112 / 3364-2113 / 0800 771 00 43

Fiscalização: (16) 3362-1318

Ambiental EmailEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ECOPONTOS – DESCARTE REGULAR

Os ecopontos são áreas públicas para a captação de pequenas quantidades de entulho de pequenos geradores. As unidades recebem resíduos de construção civil, os resíduos de móveis, colchões, volumosos, poda de árvore e também, material da coleta seletiva. O descarte permitido é de até um metro cúbico por munícipe, ou seja, o volume que cabe num veículo utilitário pequeno.

Confira os endereços dos ECOPONTOS: São Carlos VIII - Rua Capitão Luiz Brandão, 1.847; Jardim Paulistano - Rua Indalécio de Campos Pereira, 1.120; Jardim Ipanema - Rua Renato Talarico Lima Pereira, 299; Cidade Aracy - Avenida Arnoldo Almeida Pires, 1.507 e Jardim Medeiros - Rua Aristodemo Pelegrini, s/nº.

Publicado em Outras Notícias

Serviços de alojamento e alimentação registram queda de mais de 100 mil vagas celetistas entre março de 2020 e fevereiro mês deste ano; últimos desempenhos, por outro lado, foram positivos

 
SÃO PAULO/SP -
Os setores de serviços e do comércio do Estado de São Paulo somaram 47,6 mil empregos formais perdidos no acumulado dos 12 meses entre março de 2020 e fevereiro deste ano. O resultado é puxado principalmente pela queda das vagas celetistas dos serviços, que foi de 41.515 no mesmo período, impactado, por sua vez, pela pandemia e as medidas de restrição de circulação que voltaram a ser adotadas neste ano com o recrudescimento da pandemia. Os números fazem parte da Pesquisa do Emprego no Estado de São Paulo (PESP), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Entre os meses analisados, a atividade que mais perdeu postos formais de trabalho foi a de serviços de alojamento e alimentação: ao todo, o saldo negativo foi de quase 104,6 mil vagas. Chamam atenção ainda os desempenhos ruins dos segmentos educacional (-36.019 empregos) e das artes, cultura, esporte e recreação (-11.604). O resultado do setor de serviços só não foi pior no acumulado dos doze meses porque atividades administrativas (saldo positivo de 64.744 vagas), profissionais, científicas e técnicas (15.896) e de informação e comunicação (13.075) contrabalancearam as perdas.


Dos de 41,5 mil empregos a menos no setor de Serviços do Estado, a maioria vem da capital, onde o setor perdeu 29.801 vagas celetistas, mostram os dados. A metrópole paulista, aliás, puxou o ritmo negativo da atividade de alojamento e alimentação: deixou de ter 51.701 postos entre março do ano passado e fevereiro de 2021. O caso dos estabelecimentos de transporte, armazenagem e correio, que ficaram no negativo na cidade em 7.630 empregos, também é significativo, assim como Educação, com -14.687 vagas.

 
Já no comércio, a retração mais significativa no Estado veio dos estabelecimentos de venda ou reparação de veículos, que perderam 7.837 postos formais de trabalho em doze meses. O varejo, por sua vez, ficou no vermelho em 4.429 vagas.
 
Os comerciantes da capital, no entanto, têm um cenário ainda mais desolador: extinção de 25.942 vagas celetistas no mesmo período, com destaque para os 17.560 empregos a menos no varejo.
 

 
   

Os números foram menores do que o dos serviços, no entendimento da Federação, porque o comércio ainda vê de um lado os bons resultados das atividades essenciais, como supermercados, farmácias e lojas de materiais de construção, apesar do desempenho seriamente prejudicado das não essenciais, que não podem atender o público em meio às medidas de isolamento social.
 
Para a FecomercioSP, o horizonte que se aproxima não oferece visões melhores: sem uma nova regulamentação do Poder Público sobre a suspensão de contratos de trabalho ou de reduções das jornadas e com restrições ao funcionamento ainda mais severas, o desempenho do emprego formal em São Paulo pode ser similar aos patamares do segundo trimestre de 2020, quando o setor de serviços teve saldo negativo de 133 mil vagas apenas em abril e o comércio fechou o mesmo mês com 74 mil postos celetistas a menos. Isso tudo sem contar que, neste auge da pandemia, há também uma deterioração significativa do poder de consumo das famílias em um cenário de preços inflacionados – o que coloca as empresas em uma conjuntura ainda mais frágil.
 
Desempenho de 2021 ainda é positivo
Se no acumulado dos 12 meses o cenário é de perdas, tanto o setor de serviços quanto o comércio registram saldos positivos considerando apenas o ano de 2021.
 
No mês de fevereiro, o movimento de postos celetistas nos serviços ficou positivo em 55.435 vagas no Estado. Na capital paulista, o número de contratações foi 21.129 maior do que o de desligamentos, mantendo o saldo de empregos no azul. No bimestre, há evolução respectiva de 74.554 e 33.006 vagas nos serviços do Estado e da capital.
 
O comércio conseguiu também aumentar a empregabilidade das suas três divisões e ainda viu crescimento em algumas atividades desde o final de 2020, como no caso da divisão atacadista e do varejo de materiais de construção. Em fevereiro, o setor também teve mais contratações do que desligamentos num saldo positivo de 15.141 vagas celetistas. Considerando os dois primeiros meses do ano, o balanço também é positivo em 9.373 postos de trabalho.
 
Nota metodológica
A Pesquisa de Emprego no Estado de São Paulo – (PESP) passou por uma reformulação em sua metodologia e, agora, analisa o nível de emprego celetista do comércio e serviços do Estado de São Paulo a partir de dados do Novo Caged [Cadastro Geral de Empregados e Desempregados], do Ministério da Economia, passando a se chamar, portanto, PESP Comércio e Serviços.
 
Sobre a FecomercioSP
Reúne líderes empresariais, especialistas e consultores para fomentar o desenvolvimento do empreendedorismo. Em conjunto com o governo, mobiliza-se pela desburocratização e pela modernização, desenvolve soluções, elabora pesquisas e disponibiliza conteúdo prático sobre as questões que impactam a vida do empreendedor. Representa 1,8 milhão de empresários, que respondem por quase 10% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e geram em torno de 10 milhões de empregos.

Publicado em Economia

Sistema já está liberado a partir desta segunda-feira (12). Comerciantes devem seguir protocolos sanitários, sem filas e sem aglomerações

 

SÃO CARLOS/SP - Após anúncio do Governo de Estado de São Paulo, feito na última sexta-feira (9), liberando o serviço de take away ou pegue leve para o comércio varejista em geral, a Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC) e o Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos e Região (Sincomercio) orientam sobre os cuidados que devem ser tomados para prática desse tipo de atendimento.

Nesse sistema não há a entrada do cliente no estabelecimento, que apenas se dirige até a loja para fazer a retirada do produto na porta, onde deverá haver uma barreira, como uma mesa ou um balcão. O take away  representa uma opção a mais para vendas, principalmente para estabelecimentos que não têm estrutura para fazer atendimento drive-thru  e para o cliente que não possui veículo, não queira aguardar na fila no drive-thru ou, ainda, que não queira pagar a taxa de  entrega do sistema delivery.

Para o presidente da ACISC, José Fernando Domingues (Zelão), o importante nesse momento é que o empresário do comércio conheça e saiba como aproveitar esse sistema de forma segura e sem conflitos. “O comerciante deve se preocupar em não criar ou deixar que se formem situações de filas e aglomerações. Ele deve ter um controle do número de clientes que farão a retirada e orientá-los a não ficar esperando na frente do estabelecimento. A retirada deve ser rápida e seguir um fluxo organizado”.

Paulo Roberto Gullo, Presidente do Sincomercio São Carlos, destacou a importância dessa flexibilização para ajudar na movimentação do comércio durante este período de restrições. “Temos que aproveitar todas as possibilidades de vendas para manter o setor funcionando, sempre atentos às medidas sanitárias para a segurança da saúde de funcionários e clientes. Vale lembrar que os comerciantes devem disponibilizar álcool em gel 70%; orientar o distanciamento social; exigir o uso máscara de proteção facial corretamente e ter fixado cartaz sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras”, pontuou.

As demais restrições continuam para o comércio varejista em geral, como a proibição de atendimento presencial no interior do estabelecimento e do uso de provadores; a obrigatoriedade de teletrabalho para todas as atividades administrativas e o toque de recolher das 20h às 5h.

Publicado em Comércio

 

O dinheiro usado na compra foi arrecadado no Bazar das Voluntárias em novembro de 2020

SÃO CARLOS/SP - O Grupo de Voluntárias da Santa Casa de São Carlos arrecadou R$ 12.204,95 com a edição do bazar realizado em novembro de 2020. Com esse recurso, foram comprados diversos equipamentos. Para a Ala COVID, foi possível adquirir 10 fluxômetros de oxigênio; 10 conjuntos de nebulização contínua traqueia; 5 máscaras de alta concentração para oxigênio; 5 válvulas reguladoras de rede para oxigênio; 5 válvulas reguladoras de rede para ar comprimido; 8 aspiradores a vácuo; 12 lâminas de laringoscópio; 4 cabos laringoscópio e 10 circuitos para ventiladores. Para a Maternidade, foram comprados 3 detectores fetais. Também foi possível comprar, para o Pronto-Socorro, 1 foco de luz auxiliar portátil para exames ginecológicos e 1 balança eletrônica pediátrica para pesar os bebês.

De acordo com a coordenadora do Grupo de Voluntárias da Santa Casa, Mariângela Pucci, com a venda dos bordados, o valor arrecado foi investido para as melhorias e necessidades do hospital. “Tivemos conhecimento da falta de alguns equipamentos e, com o valor das vendas do bazar realizado no ano passado, conseguimos ajudar em algumas necessidades emergenciais. É muito gratificante colaborar e ajudar a suprir as necessidades imediatas do hospital e da Maternidade. As vendas dos bordados continuam durante o ano todo, pois a nossa missão é sempre ajudar a Santa Casa”, explica a coordenadora.

"Com a doação das voluntárias, foi possível repor materiais respiratórios e acessórios de gases medicinais essenciais para uso em pacientes com COVID-19. Além disso, possibilitou a aquisição de equipamentos para atender gestantes e bebês de São Carlos e da região. Isso contribui para oferecer uma melhor assistência para a população, evidenciando assim, a nobreza da doação das voluntárias”, explica o engenheiro clínico da Santa Casa, Vinicius Tibúrcio.

Para a Coordenadora Multiprofissional da Santa Casa, Luciana Luporini, essa contribuição das voluntárias ajudou na compra dos equipamentos que estavam em falta e que são tão necessários para atender os pacientes com COVID-19. “Com o avanço da pandemia, tivemos um aumento expressivo no número de casos e também aumento do uso dos equipamentos respiratórios que são oferecidos aos pacientes que chegam com falta de oxigenação. Por isso, o nosso estoque não foi suficiente para suprir todas as demandas. Com essa verba, conseguimos adquirir esses equipamentos e peças que estavam em falta e que são essenciais para conseguirmos dar uma assistência fisioterapêutica e clínica para os pacientes de maneira adequada e suficiente para que eles consigam receber o oxigênio. Agradecemos imensamente as voluntárias por esse gesto de doação, caridade e por notarem essas necessidades da Instituição. Nós, profissionais da linha de frente, conseguimos ser uma ponte entre as voluntárias e o paciente. Elas não podem estar próximas desses pacientes, mas por meio dessas doações, conseguimos aproximá-las deles”, explica a coordenadora.

O trabalho das voluntárias é essencial para o hospital. No ano passado, para que não faltassem EPIs para os profissionais da Santa Casa, elas confeccionaram cerca de 12 mil jalecos e 9 mil máscaras. Neste ano, com o agravamento da pandemia, o grupo retomou a confecção de jalecos para os profissionais da Instituição.

 

 

 

Publicado em Outras Notícias

RIO DE JANEIRO/RJ - Bruna Lombardi resolveu encantar mais uma vez os seus fãs. Em uma foto na cachoeira a atriz de 69 anos, fez um post refletindo sobre a natureza, energia e a vida.

“A natureza vibra em volta de nós e nos ajuda a limpar a energia. E a nossa REDE FELICIDADE ajuda a espalhar a melhor energia para todos nós.”

“Um super finde pra vocês” , escreveu a atriz no post

 

 

*Por: INSTAFAMOSOS

Publicado em Celebridades

RIO DE JANEIRO/RJ - Prestes a ter um documentário lançado pela plataforma Globoplay, Lexa deu detalhes da produção neste último domingo (11) com um novo clique no Instagram e alegrou os fãs com a novidade.

A cantora falou sobre a data de estreia e deixou os seguidores da rede social empolgados ao dizer que o documentário mostrará toda a trajetória de sua carreira. “‘LEXA MOSTRA ESSE PODER’ tá chegando no @globoplay! Um doc sobre a minha vida, de padeira a uma das artistas mais escutadas do país. Dia 24 de Junho”, disse na legenda do clique.

 

 

*Por: Gabriela Ellin / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

São Carlos/SP – Acompanhar as novidades, adquirir itens necessários para o dia a dia e pedir uma refeição, lanche ou sobremesa no conforto de casa ou mesmo para retirar diretamente com a loja são ações possíveis no Iguatemi São Carlos. O shopping permanece com o atendimento via drive thru e delivery, garantindo a todos a possibilidade de comprar com segurança e praticidade.

O funcionamento desses sistemas é simples: a compra é feita pelo WhatsApp ou telefone do estabelecimento desejado. Se optar pelo delivery, o pedido será enviado diretamente no endereço indicado, conforme negociação com a loja. Se for pelo drive thru, a retirada é feita no estacionamento principal do centro de compras, sem sair do carro e com todos os cuidados necessários.

A lista de todas as lojas participantes estão disponíveis no site do shopping (www.iguatemisaocarlos.com.br). Estão entre elas Lupo, Ana Capri, C&A, Riachuelo, Le Postiche, O Boticário, Natura, Ri Happy, Track&Field, Samsung e muitas outras. Operações de alimentação também estão inclusas, como Brasil Cacau, Chiquinho Sorvetes, Cacau Show, Burguer King, Griletto, Mousse Cake, Spoleto e outros restaurantes.

Além disso, algumas operações do Iguatemi São Carlos permanecem abertas ao público, respeitando todos os protocolos sanitários. São elas:

Clínica de Vacinas Santa Clara: segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 10 às 16h;

Confidence Câmbio: segunda a sexta-feira, das 9h às 18h;

Hipermercado Extra: segunda-feira a domingo, das 8h às 20h;

Posto Extra: segunda-feira a domingo, das 7h às 20h;

Ótica Crislen: segunda-feira a sábado, das 12h às 20h;

Ótica Chilli Beans: segunda-feira a sábado, das 12h às 18h.

 

Serviço

Shopping Iguatemi São Carlos

Endereço: Passeio dos Flamboyants, 200, São Carlos

Informações: www.iguatemisaocarlos.com.br

Publicado em Comércio

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Abril 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    
Propagandas gratuitas right 2