fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Redação

Redação

Redação Radio Sanca Web TV

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

SÃO CARLOS/SP - O governador do estado de São Paulo, João Doria, anunciou a décima quinta atualização do Plano São Paulo, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na tarde desta segunda-feira (30).

As seis regiões que estavam na Fase Verde, regrediram e todo o estado está na Fase Amarela do plano de abertura da economia. A decisão, de acordo com o governador, foi tomada por conta do crescimento do número de pessoas que contraíram o novo coronavírus, nas últimas semanas.

O presidente da ACISC, José Fernando Domingues, destaca que na região de São Carlos não houve nenhuma mudança em relação ao anúncio anterior. “Nosso comércio continua com o horário do atendimento presencial de 10h e a capacidade máxima de público mantida em 40%”, lembrou.

Além da capacidade e do funcionamento máximo limitados, as regras de para atendimento presencial na Fase Amarela também prevê qie os estabelecimentos podem funcionar até às 22 horas e os eventos com público em pé estão proibidos.

O governador Doria também relatou que o novo anúncio ordinário de classificação do Plano SP, deverá ser realizado no dia 04 de janeiro, porém, a comparação dos números de novos casos de Covid-19 voltará a ser realizada semanalmente. “Se houver a necessidade de atualização extraordinária, vamos fazer”, afirmou.

Na semana passada, a ACISC divulgou o horário de funcionamento do comércio de rua (centro e bairros) para o mês de Dezembro, definido em Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), pelo Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos e Região (Sincomercio) e o Sindicato dos Empregados do Comércio de São Carlos e Região (Sincomerciários).

Em dezembro, o comércio terá horário especial do dia 01 até o dia 23 (de segunda a sexta-feira), funcionando das 10h às 20h. Nos sábados 05, 12 e 19, das 9h às 17h. Nos dias 06, 13 e 20 (domingos), o comércio funcionará das 09h às 17h. No dia 24 (quinta-feira), véspera de Natal, o horário de funcionamento será das 9h às 18h. Nos dias 25 e 26, respectivamente, sexta-feira e sábado, o comércio permanecerá FECHADO. Já na véspera do Ano Novo, dia 31 (quinta-feira), o comércio funciona das 09h às 17h, e ficará fechado nos dias 01 e 02 de janeiro.

Zelão volta a reforçar a necessidade de se continuar atento às medidas sanitárias. “Vamos continuar atentos, respeitando as medidas de distanciamento social e os protocolos sanitários, para seguirmos dentro dos índices do Plano São Paulo e mantermos nosso comércio em funcionamento”, enfatizou.

As normas sanitárias são as mesmas para todos os segmentos: disponibilizar higienização para funcionários e consumidores com álcool gel 70% em pontos estratégicos; os funcionários devem utilizar máscaras durante toda a jornada de trabalho, assim como os consumidores; o acesso e o número de pessoas nos estabelecimentos devem ser controlados; manter todas as áreas ventiladas; e a fila deve ter distanciamento de 2 metros entre as pessoas.

SÃO CARLOS/SP - Após a tragédia que ocorreu no último dia 26 de novembro, quinta-feira, quando uma forte chuva causou a inundação do centro de São Carlos e diversos outros pontos, fazendo com que comerciantes perdessem seus produtos e tivessem suas lojas avariadas, e pessoas tivessem danos irreparáveis em suas casas, a Rádio Sanca notou um fato peculiar, que talvez poucas pessoas notaram, o que aconteceu com as placas que sinalizavam os locais com risco de alagamento em São Carlos?

Eram aproximadamente 33 placas que identificavam 11 locais com risco de alagamento em São Carlos, mas por incrível que pareça, se você andar pela cidade hoje em dia, você não encontra mais nenhuma das 33 que existiam, qual será o motivo?

A Rádio Sanca ouviu alguns boatos sobre a retirada dessas referidas placas, uns dizem que foram furtadas, outros que foram retiradas para manutenção, e as más línguas dizem que um antigo secretário mandou retirar pois os imóveis que se localizavam na área onde se encontravam as placas estavam sendo desvalorizados e isso estava enfurecendo alguns poderosos, mas a verdade sobre o sumiço dessas placas não sabemos.

Questionamos a Secretaria de transito, pasta responsável pela identificação e sinalização viária da cidade, sobre as placas, e a secretária afirmou que novas placas estão sendo solicitadas, mas isso já faz 4 meses. Nós entendemos que a pandemia atrapalhou os planos de muita gente, mas quantos desastres teremos até que algo seja feito? Essa sinalização é para o bem da população, e não para o interesse de alguns.

Perguntar não ofende: O que a secretaria está esperando para sinalizar os pontos de risco de alagamento novamente? Será que não aprendemos nada com o último desastre? Acidentes acontecem, e fenômenos como este são difíceis de prever, mas será que sabendo os locais que são passiveis de alagamento não fica mais fácil se salvar? E antes que digam que todo São-Carlense sabe os locais que alagam em nossa cidade, temos que lembrar que São Carlos é uma cidade Universitária, com 2 grandes universidades e também uma cidade muito bem visitada, ou seja, quem não é daqui de São Carlos tem sim que saber, através de sinalização, onde alaga e onde não alaga.

Por Uma Vida + Participativa recebeu propostas de estudantes das universidades da cidade

 

SÃO CARLOS/SP - Na tarde do último dia 25, aconteceu, de maneira virtual, a reunião de apresentação das cinco propostas finalistas do concurso de ideias Por uma Vida + Participativa, que recebeu propostas de estudantes da cidade para a revitalização do Parque do Bicão. Durante a ocasião, também foi conhecida a equipe vencedora.

Na abertura, o presidente da Unimed São Carlos, o médico Daniel Canedo, destacou a importância da união de diversos setores da sociedade em prol do município. “Atingimos nosso objetivo com essa iniciativa, que possibilitou a participação de graduandos das três universidades instaladas aqui a fim de cuidar de uma área de grande importância para a população”.

Em seguida, o professor Érico Masiero, coordenador do Grupo de Inovação e Extensão em Engenharia Urbana (URBIE), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia Urbana (PPGEU) do Departamento de Engenharia Civil (DECiv) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), parceiro da Unimed São Carlos na realização do concurso, parabenizou a cooperativa pela inciativa, que beneficiará toda a cidade. “Precisamos de mais ações como esta. São Carlos é uma cidade rica em conhecimento, que pode ser compartilhado para causas nobres. É um prazer participar desse concurso”.

Após, os cinco grupos finalistas, apresentaram suas propostas. A equipe vencedora tem como orientador Manoel Lopes Rodrigues Alves, docente da USP, e é composta pelos estudantes Marília Daniela Barbosa Silva, Luiza Di Lella Moura, Mayara Capistrano Costa Fook, Yeda Fadel Blascke e Tiago da Cunha Campos.

Conheça a classificação e as demais equipes no site https://unimedsaocarlosparquebicao.com.br/

O concurso de ideias Por uma Vida + Participativa

O concurso de ideias Por Uma Vida + Participativa foi uma iniciativa da A Unimed São Carlos, em parceria com o Grupo URBIE, da UFSCar, destinado aos graduandos de qualquer área do conhecimento das universidades públicas e privadas instaladas na cidade. Os projetos inscritos foram voltados para revitalização, acessibilidade e sustentabilidade do Parque do Bicão.

Adoção do Parque do Bicão

A Unimed São Carlos e Prefeitura Municipal assinaram, no dia 13 de agosto, o termo de adoção no âmbito do projeto Adote uma Praça, onde a Unimed passou a ter responsabilidades na manutenção do Parque do Bicão. A adoção da área é uma das ações da Unimed São Carlos em sua campanha rumo aos 50 anos, que serão completos em maio de 2021.

SÃO CARLOS/SP - A Rádio Sanca infelizmente volta a falar da falta de macas que existe na Santa Casa de São Carlos e que prejudica o serviço de atendimento do SAMU, uma vez que sem maca, a ambulância não pode atender nenhuma ocorrência. No dia 27 de julho deste ano, a Rádio Sanca já tinha feito uma matéria falando sobre a demora em liberar as macas para que o SAMU possa atender as ocorrências, na ocasião, a assessoria da Santa Casa informou a Rádio Sanca que novas macas seriam adquirias pela entidade. No dia 1 de outubro também deste ano, o Sindicato Rural de São Carlos fez a doação de 10 novas macas para a Santa Casa, porém parece que o problema ainda existe, uma vez que nesta quarta-feira (25) mais uma vez, 3 ambulâncias ficaram paradas no pátio da Santa Casa, presas, porque as macas que são utilizadas pelas ambulâncias estavam ocupadas com pacientes e não tinha no hospital macas para realizar a troca e devolver o equipamento as ambulâncias.

Nosso repórter esteve na Santa Casa e apurou que as 3 ambulâncias estavam aguardando no pátio, e mais um acidente havia acontecido e o paciente seria encaminhado a Santa Casa, o que resultará em mais uma ambulância presa por falta de macas no hospital. Além de sobrecarregar o trabalho do corpo de bombeiros, quem perde com isso é a população, que não pode de forma alguma precisar do serviço do SAMU, pois se precisar não será atendida, porque a ambulância estará presa no pátio da Santa Casa porque o hospital não libera o equipamento que é da ambulância.

A Rádio Sanca entrou em contato com a Assessoria da Santa Casa para novamente questionar o motivo da demora em liberar as macas das ambulâncias, uma vez que hospital recebeu 10 novas macas no mês passado, e a Santa Casa informou que, nesta quarta-feira, o número de pacientes que precisaram de macas foi bem acima do normal e da capacidade máxima de absorver essa quantidade de atendimentos ao mesmo tempo. Cerca de 70% desses pacientes poderiam ter sido inicialmente atendidos em uma das três UPAs do município e, depois disso, se houvesse necessidade, serem encaminhadas para o hospital. Mas foram levados pelo SAMU diretamente ao Pronto-Socorro da Santa Casa. 
Com isso, as 13 macas disponíveis para o Pronto-Socorro estão ocupadas. O hospital está trabalhando para liberar as macas o quanto antes. Importante ressaltar que, além de São Carlos, o hospital recebe também pacientes de outros 5 municípios da região.

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral